Tens tido tempo para TI?

Tens tido tempo para TI?

Olá,

Espero que te encontres bem!

Hoje escrevo para partilhar contigo sobre a importância de termos tempo para nós…. Pois muitas vezes, na azáfama do dia a dia, é fácil esquecermo-nos disso….

Colocamos o “fazer” à frente de tudo, o acudir a tudo e a todos, as necessidades dos outros, o trabalho, as tarefas, as “supostas obrigações”… tudo à nossa frente! Colocamos demasiadas coisas à frente das nossas reais necessidades, do espaço que precisamos para nos nutrirmos e regenerarmos, do espaço que precisamos para “curtirmos” o momento, para relaxar, para brincar, para fazer algo que nos dê prazer ou algo que nos dê a nutrição que precisamos num dado momento.

É fundamental resgatarmos mais desse tempo e dessa escolha para nós. É essencial darmo-nos conta onde estamos a transpor limites e onde não nos estamos a honrar e a respeitar.

É fácil “não perceber” (ou fingir que não estamos a ver) que isto está a acontecer, a nossa mente é muito boa a “enganar-nos” e a desviar-nos destas tomadas de consciência.

Os dias “passam rápido”, a vida acontece, episódio atrás de episódio, e nós vamos adiando para “amanhã” aquilo que tanto precisamos ser e fazer Hoje! Isto é uma constante nas nossas vidas, para uma grande parte de nós, pelo menos.

Mais tarde percebemos, se assim for, que não valeu a pena, e que se calhar “devíamos”, ou “podíamos”, ter cuidado melhor de nós. Percebemos pela crise, pela dor, pelo vazio, pelo desnorte, pela ansiedade, pela doença, que adiámos por demasiado tempo o autocuidado, a preservação e manutenção da nossa energia, do nosso prazer, harmonia e bem estar.

Não precisamos chegar a estas situações limite para tomarmos consciência disto. Que não seja preciso chegar aí. Podemos despertar Hoje, despertar todos os dias das nossas vidas. 

A cada novo amanhecer, coloca os pés no chão e pergunta-te “o que preciso hoje?”, “o que adorava fazer e sentir hoje, se me dedicasse apenas 15 minutos a isso?”….
Escuta o teu coração e depois não o ignores, escuta-o e proporciona-lhe a sua necessidade.

Tenho parado o suficiente?
Tenho descansado bem?
Tenho-me nutrido?
Tenho cuidado de mim?
Tenho atendido às minhas reais necessidades?
Procuro fazer escolhas que me elevam e que me fazem bem?
Tenho dedicado algum do meu tempo a coisas que me inspiram e me dão prazer?
Escolho estar com as pessoas que amo, e que me aceitam tal como sou?
Quando escolho, escolho em consciência e a pensar no meu superior bem?
Se algo não está bem, então onde posso melhorar?
Como posso ganhar mais tempo para mim?
Como posso mimar-me e nutrir-me mais?
Consigo 30 minutos por dia para me dedicar a algo que goste?
Consigo 15 minutos por  dia para respirar fundo e silenciar-me?


Se precisas parar, não adies.
Se precisas abrandar o ritmo, não adies.
Se precisar mudar, não adies.
Se precisas conversar, não adies.
Se precisas escutar-te, não adies.
Se precisas curar-te, não adies.

Não adies para amanhã o essencial… o “amanhã” nunca chega. Faz Hoje, Por Ti!

Sei o que surge a seguir…. Um sem fim de desculpas que a nossa mente cria, bastante válidas por sinal, para nos desmotivar e afastar de querer fazer diferente. Uma mente que nos diz “não tens mesmo tempo”, “há outras prioridades”, “isso é lá importante agora”, “fazes amanhã está bem?”… E a lista não acabaria aqui….

A questão é que por mais justificações que arranjemos, a verdadeira prioridade deveríamos ser nós e aquilo que contribui para o nosso bem estar, equilíbrio, saúde, verdade e paz interior..

Ter a coragem para dizer “NÃO” é tão importante porque muitas vezes isso é dizer um “SIM” a Nós!

Não digo para mudarmos radicalmente a nossa vida, mas podemos começar por algum lado.

Se pudesses mudar algo hoje o que seria?

Que decisão podes tomar hoje e que sabes que irá impactar positivamente a tua vida ou dia a dia?

E, porque não o fazes? Porque não experimentar?

Comprometes-te com isso?


Mas……

Vai custar muito? Talvez.
Vais querer desistir? É provável.
Amanhã já não vais ter vontade de continuar? É comum.

É nessa altura que tens de ter uma estratégia, ter uma resposta pronta. Negociares com a tua mente, ofereceres uma resposta válida e lúcida à parte de ti que quer continuar a repetir padrões e a “jogar pelo seguro”, essa parte de ti também é válida e importante, e precisa de sentir-se um pouco mais segura para avançar numa direção diferente. Prepara-lhe essa resposta.

Por exemplo:

Nesses momentos de dúvida, de receio e de querer desistir, visualiza a tua vida daqui a 1 ano, visualiza como vai ser essa vida se todos os dias continuares com esta mudança… mostra essa imagem à tua mente, e depois mostra-lhe a imagem se continuares no caminho antigo, se nada fizeres para mudar algo que te está já a prejudicar.

Qual dessas visões te fará sentir melhor? Talvez possas ter assim uma motivação extra para não desistires do essencial, para não desistires de TI.

Há muitas técnicas que te podem ajudar a manter o foco e o compromisso, o importante é fazer, e pesar sempre o que é mais importante, o que é mais essencial!

Nos dias de hoje, cada vez mais, me cruzo com pessoas exaustas, doridas pela vida, cansadas do que fazem, esgotas das inúmeras responsabilidades que têm em cima dos ombros, etc… Escuto-as e reconheço como há circunstâncias de vida tão difíceis de mudar… Eu própria me vejo envolvida nessas teias inúmeras vezes… 

E nessas alturas convido-me a refletir, e convido também aqueles escuto a fazerem o mesmo…. nem sempre é fácil, mas a pergunta sai: 

“Se nada agora mudasse na tua vida e circunstâncias, e apenas dependendo de ti, das tuas escolhas e ações, o que podes TU fazer para viver de forma diferente essa situação?”

Porque se não posso mudar as circunstâncias da minha vida, posso pelo menos escolher como as viver.

  • Preciso de exercício físico, mas ainda não tenho dinheiro para ir para o ginásio e/ou ter acompanhamento privado. Então posso fazer exercício ao ar livre, posso seguir um dos milhares de programas online gratuitos para o efeito, etc.
  • Não tenho dinheiro para ir de férias. Mas então como posso passar as próximas férias? Posso levantar-me cedo todos os dias e fazer algo diferente no lugar onde moro, pegar num transporte público e ir a algum lugar na natureza, posso ir à praia e ao campo… Há tantas opções.
  • Tenho um problema de saúde que não me permite trabalhar e gostava tanto – Então recria sobre esse desafio. O que podes fazer a partir da tua condição de saúde? Podes ter um blogue e escrever para pessoas que têm o mesmo “problema”? Podes fazer voluntariado nessa área? Podes montar algo que te apaixona e fazê-lo a partir de casa?

Escrever este artigo hoje recordou-me para um outro artigo que escrevi há uns tempos – Quando sacrificamos quem somos

Foca-te sempre nas SOLUÇÕES, principalmente quando estamos a falar de CUIDAR DE NÓS.

Estamos no Outono, e esta é uma excelente altura para nos acolhermos e nos respeitarmos mais, é tempo de reflexão e de cuidado, é tempo de nos prepararmos para o Inverno. Aproveita este tempo para perceber onde estás a falhar contigo e onde te podes dar mais, amar mais, cuidar mais, ser mais…

Podes ler mais sobre esta energia de Outono no meu último artigo.

E na sequência da Lua Nova em Balança, tenho ainda disponível para venda a partilha online que fiz sobre o tema. Caso querias ter o acesso à gravação, envia-me email com esse pedido.

Com base em toda esta partilha quero agora aproveitar para partilhar 3 eventos meus, que estão para breve e que são também uma excelente forma de ofereceres a TI algo sagrado e que vai de encontro às tuas necessidades: tempo, espaço e dedicação, a ti, às tuas necessidades, aos teus processos e aos teus Sonhos. 

Vou facilitar 2 retiros, entre outubro e novembro, e vou iniciar uma formação em outubro, em Lisboa. Uma oportunidade para te ofereceres tempo de paragem e reflexão, espaço para sentir e vivenciar novas experiências, um momento dedicado a ti, um espaço sagrado onde podes relaxar e permitir-te acolher em todas as tuas dimensões.

Se quiseres saber mais sobre os retiros encontras toda a informação nos links abaixo: conteúdos, temáticas, valores, horários e localização, condições de inscrição, etc…

Os retiros são momentos únicos e muito especiais, onde todas as vivências ganham contornos mais profundos e intensos, uma vez que estamos durante 3 dias seguidos em grupo, a vivenciar questões em comum, fora da nossa zona de conforto, num lugar não habitual às nossas rotinas, mas de forma perfeitamente segura, nutridora e acolhedora.

Os retiros oferecem-nos uma experiência muito profunda e por vezes inesperadas, dada a intensidade do momento, dos grupos e do espírito coletivo que neles se vive.

Eu estou mesmo muito entusiasmada por ir facilitar estes dois Caminhos com amigos do coração, a Carolina e o Marcus. Vê em baixo:

O Caminho da Transformação é para agitar as águas internas, mergulhar na sombra, resgatar a Luz e ganhar ferramentas de cura, de superação, de transformação. Onde também vamos ter um espaço de impulso para os nossos sonhos e projetos.

https://claudiamachado.com/o-caminho-da-transformacao/

O Caminho da Integração vem ajudar-nos a trabalhar a nossa saúde e bem estar. Um retiro mais zen e regenerador, para cuidarmos de nós e alinharmo-nos com os nossos ciclos internos e com os ciclos da natureza. Vamos cultivar tempo para a prática do silêncio, para a escuta do corpo, e para atender às nossas necessidades atuais.

https://claudiamachado.com/o-caminho-da-integracao-retiro/

Desperta Para O Teu Coração é um caminho de 9 meses. Uma proposta terapêutica em grupo, que nos vai acompanhar ao longo de 9 meses, com periodicidade quinzenal.
Círculo, partilhas, vivências, histórias, encontros, cura… a ideia é darmos tempo a nós, termos um momento especial para integrar os nossos processos, um espaço seguro onde podemos abrir o coração e deixar que essa energia do grupo nos acompanhe na jornada de regresso a nós mesmos.

https://claudiamachado.com/desperta-para-o-teu-coracao/


As inscrições ainda estão a decorrer para qualquer um dos eventos. Deixo as propostas e o convite a que possas ler e sentir. E se algum te entusiasmar arrisca e permite-te, junta-te a nós.

Estarei cá de braços abertos para te receber,

Em Amor,

Cláudia


O Mágico e Acolhedor Outono

O Mágico e Acolhedor Outono

bench-560435_1280

(Texto reeditado a partir de um texto que partilhei no meu antigo blogue em setembro de 2015)

E há uns dias atrás ele chegou – O Outono – mágico, doce e acolhedor, como sempre.

Sei que a maioria das pessoas não aprecia o fim do Verão. É um facto que os dias ficam mais curtos, o Sol aquece-nos durante menos tempo, vem o vento e começa a chuva. Apesar de que, segundo consta, o bom tempo veio para ficar por mais umas semanas. Mas para mim, o Outono está marcado de encantos e é mesmo a minha estação preferida, não fosse eu ter nascido sob a sua influência.

A verdade é que esta estação tem uma magia especial, aqueles dias que ficam alaranjados, as folhas estaladiças que no chão pedem os nossos pés, o cheiro a castanhas no ar, a brisa ainda quente que contrasta com a chuva que amiúde vai surgindo, e por vezes, também aquelas tempestades cheias de relâmpagos e trovões que rasgam os céus, anunciando o inverno que chega mais à frente.

No Outono, podemos assistir a magníficos pores-do-sol, está aquela temperatura amena e confortável que nos permite andar na rua e na natureza, passeando e desfrutando de cada momento.

Vejo esta época, como uma das melhores estações para se viajar e conhecer outros povos e países, e até mesmo para viajar cá dentro, em Portugal, descobrir esses encantos que tanto nos caracterizam. É uma época de maior paz e sossego, e o tempo convida ao desfrute deste nosso cantinho maravilhoso, convida ao recolhimento, ao silêncio e a longas caminhadas pela natureza fora.

Se és daqueles(as) que está deprimid@ pela ida do Verão, desafio-te a veres a beleza do Outono e a aceitares esta estação de braços abertos. Ficarmos agarrados ao que não temos, ou ficarmos com a mente focada no que vai chegar depois, não nos ajuda a viver o momento presente, e viver no Aqui e Agora é realmente o mais importante, o mais gratificante, e onde podemos observar e acolher tudo aquilo que Somos e tudo aquilo que É.

Aceita e Celebra a Vida tal como ela É Agora. Aceita e celebra os ciclos da natureza tão sabedores da Vida. Aceita e Celebra todas as tuas bênçãos. Procura também aceitar tudo aquilo que possas encarar hoje como dor, sofrimento, desafio, dificuldade. Reflete sobre o que de positivo e construtivo te estão essas situações a trazer. O que estás a aprender com elas? O que consegues valorizar mais perante essas situações? Que forças desconhecidas encontras em ti todos os dias para ultrapassar os desafios que encontras no teu caminho? Honra e celebra isso em Ti 😊 Por Ti, por quem te rodeia e pela Vida.

Acolhe, honra e celebra também esta estação magnífica, que este ano nos está a oferecer dias espetaculares, cheios de calor e Sol. Consta que há 32 anos (quando eu nasci), os dias estavam bem quentes por esta altura. É verdade que o clima está a mudar, mas de quando em vez temos anos assim. Na minha visão devemos agir com respeito pela natureza e pela mãe terra o mais que formos capazes, lamentar não adianta e não resolve, falar mal da poluição não vai acabar com ela, dizer que o tempo está “esquisito” não muda a situação, então aceitemos e façamos a nossa parte.

E já agora que está bom tempo, porque não aproveitá-lo? Vai passear, vai pisar folhas, vai ver o pôr do sol à praia, ao topo da serra, ao teu jardim preferido, se por exemplo és de Lisboa, há miradouros lindíssimos que podes nesta altura visitar.

O convite é, não te fiques pela lamúria e pelo que deveria ser, vive com o que tens agora à tua disposição e desfruta desta Magia da Vida, abre os braços e sorri.

women-1416095_1280

Algumas sugestões para viveres mais plenamente este Outono:

  • A Bênção Molhada – Quando chegarem as primeiras chuvas de Outono costumo fazer uma bênção, ou seja, escolho um dia de chuva e vou para a rua simplesmente tomar um banho de chuva. Talvez já o tenhas feito na infância ou adolescência. E não era tão bom? Recordas-te? Porque não fazê-lo novamente? O corpo e a alma enchem-se de alegria e vigor, e esquece lá as gripes, um banho de chuva é regenerador, leva essa intenção quando o fores fazer e verás. Mete no calendário, quando a chuva chegar sai à rua e dança com ela 😊

 

  • Encontro Contigo – Tira pelo menos uma tarde na semana, ou no fim-de-semana, e vai para a rua desfrutar do Outono, passeia pela cidade, podes ir até à natureza ou até à praia ver o pôr do sol, é magnifico ver o dia alaranjado, pisar as folhas das árvores, ou simplesmente ficar na praia ou numa esplanada a contemplar o momento presente, a ler um bom livro, ou a partilhar o momento com uma magnifica companhia. Experimenta. Eu hoje estou a reescrever este artigo, aqui envolvida pelos maravilhosos jardins da Gulbenkian (em Lisboa), sinto-me inspirada a escrever quando venho aqui. Vai até lugares mágicos que conheças, ou aventura-te e vai descobrir uns novos. Que lugares te inspiram?

 

  • Home, Sweet Home – Desfruta muito do teu lar, nesta altura apetece tanto. Fica à janela a contemplar a natureza, a luminosidade do Sol, a chuva (quando ela chegar), repara como o ambiente e a cor do ar são diferentes nesta altura do ano. Escolhe um bom livro, bebe um delicioso chá, cria tardes lúdicas e divertidas em família, vê filmes inspiradores, cuida da tua casa e desfruta dela, escolhe uma essência quente e acolhedora para emanares pela tua casa, limpa-a de velhas tralhas, renova-a e renova-te, recicla, restaura, reorganiza. Não apetece passar mais tempo em casa nesta fase? E essa vontade aumenta à medida em que os dias vão ficando cada vez mais pequenos.

 

  • Reordenar e Reorganizar – Uma excelente altura para transformar a casa e fazer aquelas limpezas gigantes. Deitar fora, ou dar, o que já não serve, o que já não gostamos e o que já não precisamos, também é uma boa altura para reciclar e ser criativo. Se gostas de aventuras com restaurações e decoração de interiores, dedica-te a isso agora no Outono, restaura móveis, recicla mobílias antigas, dá um novo uso ao que parece inutilizado. As coisas guardadas e paradas na nossa casa são também centros acumuladores de energia estagnada, põe tudo em movimento, faz circular a energia, é fundamental. Para quem gosta de decorar a casa conforme a estação, nesta altura o aconselhado são os tons de laranja, verde, castanho, dourado e bronze, ficam fantásticos.

 

  • Novas Rotinas – Aproveita também para reestruturar as rotinas e iniciar aquilo que há tanto tempo desejas, seja ir para o ginásio, ter aulas de dança, aulas de pintura, ou outra coisa qualquer. Acredita que com força de vontade conseguimos lá chegar. Eu este iniciei no dia 25 de setembro uma nova rotina muito focada na minha alimentação e nutrição, foi este o ano em que decidi fazê-lo. Quem me conhece sabe que tenho tido desafios com o meu corpo e peso, sempre tive baixo peso e muita dificuldade em aumentar. Este ano fiz um plano mais profundo, estruturei um programa de exercício físico adequado a mim, um plano alimentar e nutricional focado no que desejo e incluí novas práticas meditativas e espirituais focadas para esta questão em concreto. E posso partilhar contigo uma grande vitória, desde dia 25 de setembro (em pouco mais de 10 dias) consegui aumentar de peso 1 quilo, para mim é um feito histórico e sei que no final deste ano vou estar com o peso desejado. Portanto, o que é importante para ti hoje? Agora? Traça um plano e avança? Marca, agenda, decide e age, hoje ainda. É fundamental termos tempo para nós, dedicando-nos ao que realmente importanta, pois só com qualidade de tempo para nós, poderemos ser realmente úteis aos outros e à vida. Força, avança 😊

 

  • Novos Projetos – Excelente altura também para refletir sobre o queremos e o que não queremos mais, para projetar sonhos e objetivos para os próximos tempos. É altura de parar para pensar em nós e traçar as novas metas que queremos alcançar, e o que de nós depende fazer para lá chegarmos. Eu também me embalei nesta energia e partilho contigo um novo projeto que lancei com a minha querida amiga Susana Rodrigues, podes ver mais Aqui sobre a nossa parceria e projeto. Caminha Na Tua Essência, nasceu da paixão que nos une pela astrologia e da vontade de levarmos a astrologia às pessoas num contexto mais terapêutico e integrador. Este é o meu novo projeto, qual é o teu? Avança, partilha, e mesmo com medo, permite-te sair da zona de conforto, faz e cria o que tens estado sempre a adiar.

 

  • Reflexão e Silêncio – Época de arrumos, reflexão, introspeção e silêncio, de recolhimento, de tomadas de decisão, de fecho e abertura de novos ciclos, pode ser interessante nesta fase resolveres assuntos pendentes para abrires espaço a que o novo se possa instalar, incubar, e no seu tempo nascer e florescer. Se ainda não praticas meditação diariamente esta é uma excelente altura para o começares a fazer. Senta-se em silêncio, fecha os olhos e simplesmente inspira e expira profundamente, colocando o foco da tua atenção nesse ato da tua respiração. Fá-lo por 5 minutos e vai aumentando gradualmente o tempo. Garanto-te que se o fizeres todos os dias vais notar mudanças significativas no teu estado interior. Experimenta, se puderes fá-lo agora mesmo depois de terminares de ler este meu artigo.

 

“O Silêncio é o adubo que faz florescer a Alma”, José Maria Doria

 

Existem inúmeras outras coisas que podemos fazer para desfrutar da Vida e do Outono. Encontra por ti mesm@ os encantos desta estação. Que mais gostas de fazer? Se escutasses agora neste instante o teu corpo, o que é que ele te pediria? Podes fazê-lo, ou programá-lo? Então força, honra o que tu realmente queres na tua vida.

Se olhares mais além conseguirás ver também a beleza desta estação magnífica, afinal as quatro estações existem porque todas cumprem um propósito maior, completando-se num ciclo mágico e divino, orquestrado pelo o vasto e infinito Universo.  Os grandes ensinamentos da Vida estão todos contidos na Natureza. Se observarmos a natureza podemos simplesmente aprender com ela a lidar melhor connosco, ajuda-nos a conhecermo-nos melhor e a viver cada vez mais de acordo com os ciclos naturais e sábios que nos habitam. Permite-te isso, cada vez mais. Olha à tua volta, observa, observa-te, reconhece-te e descobre-te a cada momento.

 

Aproveita o Agora com o melhor de Ti!

 

Caso tenhas também interesse no meu trabalho, partilho contigo mais alguns dos meus projetos, que pelo fim do Verão levaram todos uma grande transformação.

Encontros de Lua Nova – Estes encontros lunares têm sido tão mágicos, num profundo e acolhedor mergulho em contacto com as aspirações da nossa Alma. Tão grata me sinto pelos fantásticos grupos que temos tido nestas viagens mensais. Vamos ter o próximo encontro dia 19 de outubro, presencial em Lisboa, mas podes também participar online. Vê Aqui mais informações. 10% de desconto para inscrições até 09 de outubro.

Meditação das Rosas – É um workshop de dois dias onde aprenderás uma técnica de limpeza e proteção energética fantástica. Nesta workshop partilho também algumas outras técnicas e formas de te autocuidares cada vez melhor, ajudando-te nos vários níveis: físico, mental, emocional, energético e espiritual. Aproveita esta oportunidade, por apenas 99 euros para inscrições até 13 de outubro. Vê Aqui mais informações.

Consultas de Astrologia Para O Despertar – Não é uma típica consulta de astrologia, combino nas minhas sessões várias práticas e experiências que fui tendo e aprendendo ao longo do meu percurso. Procuro que as minhas consultas ofereçam essa oportunidade de Despertares para Ti, e para o propósito que habita a tua existência. Como costumo dizer, sou uma simples Acompanhante da Alma, que apoia, observa, acolhe, questiona, volta a apoiar, a observar e a acolher, quem se dispõe num processo de autocura e transformação interna. Uma vez que reestruturei todo o meu trabalho e estas consultas levaram uma grande transformação, até final de novembro as minhas consultas estão com 15% de desconto. Se quiseres aproveitar contacta-me para agendarmos o mais atempadamente possível, pois as vagas são bastante limitadas. Podes ver mais Aqui sobre estas consultas.

Finalizo a minha partilha com esta música inspiradora – River Flows In You, de Yiruma

Desejo-te um Outono Imensamente Abençoado e Divino,

Cláudia Machado