Lua Nova em Balança – Renovações de Outono

Lua Nova em Balança – Renovações de Outono

Welcome Autumn

Olá,

Hoje, dia 28 de setembro de 2019, pelas 19:27 (horário para Portugal), iremos ter a Lua Nova no grau 5 de Balança. Esta é a Lua Nova que marca o início do Outono, que começou no passado dia 23 se setembro com a entrada do Sol em Balança.


EQUINÓCIO DE OUTONO

O Equinócio de Outono marca, à semelhança do Equinócio da Primavera, o equilíbrio entre dia e noite, entre luz e sombra… É o segundo dia do ano em que dia e noite têm o mesmo tempo. No Outono marcamos a passagem para o inicio de noites mais longas, até que, no Equinócio da Primavera se inverta o ciclo…

São os ciclos da vida que se perpetuam no tempo e no espaço e do qual nós somos observadores e participantes.

Quanto mais conscientes formos destes ciclos, melhor podemos reconhecer o seu impacto nas nossas vidas, internas e externas. Na verdade, a vida externa reflete o fluxo da nossa vida interna.

E Outono é abrandar…. desacelerar…. acalmar o passo…. abrandar o ritmo….

É um tempo que nos convida à reflexão e ao recolhimento.

É tempo de agradecermos o ponto em que estamos, o que colhemos, o que conquistámos.

É tempo de refletir e ponderar, de separar o trigo do joio, de escolher, de largar o que já não integra o novo ciclo, de permitir que as colheitas cumpram o seu efeito e nos nutram nos próximos tempos de caminho até ao Inverno.

Convido-te a essa reflexão…

Permite-te silenciar e observar, dar-te conta do ponto em que estás, do que fizeste nos últimos tempos e do que agora estás a colher.

Permite-te aceitar aquilo que veio agora ter contigo.

Permite-te largar o que devia ter sido, mas não foi.

Permite-te dosear expetativas.

Equilibra a tua perceção e encontra a paz naquilo que agora és e que existe em teu redor.


LUA NOVA EM BALANÇA

A Lua Nova em Balança, aqui no hemisfério norte, representa esta mudança de estação para o Outono, no hemisfério sul marca a Primavera. Aqui neste artigo irei fazer referência a esta energia associada ao Outono, que é o ciclo que aqui estamos a viver.

Balança fala-nos das nossas relações, qualquer tipo de relações… são as nossas relações com os outros, relações essas que refletem a nossa relação connosco mesmos. Seja nos pontos de união, seja nos pontos de discórdia, seja na luz, seja na sombra, o impacto em nós das nossas relações refletem o nosso mundo interior. É por isso tão interessante como as relações são uma das maiores escolas de aprendizagem que temos na vida. A todo o momento nos relacionamos com pessoas, a todo o momento somos confrontados com aquilo que mais admiramos em nós, mas também com aquilo que mais repelimos.

Sim, é nas relações mais próximas e intimas que tudo isto ganha contornos gigantescos, e por isso é também nas relações mais intimas que encontramos os maiores desafios. São uma ponte de crescimento e de evolução, uma oportunidade única de elevarmos a nossa consciência, de aprendermos, de reconhecermos as nossas fragilidades, de acedermos à nossa vulnerabilidade e de, nessa humildade e entrega, melhorarmos a relação connosco. Respeitarmo-nos mais, honrarmo-nos mais, sermos mais autênticos e com isso melhorarmos as relações em nosso redor.

Esta é a aprendizagem eterna de Balança, o propósito de encontrar harmonia e equilíbrio nas relações. Encontrar a independência na relação, transformar qualquer relação em algo mais autêntico, mais livre e desapegado. Saber estar em relações sem apegos e/ou dependências.

Balança e Outono trazem-nos esta proposta de reflexão… Então, que possamos refletir sobre de que forma podemos equilibrar melhor as nossas relações, darmo-nos conta das expetativas que continuamente criamos, darmo-nos conta do peso que essas expetativas criam sobre nós e sobre os outros… Ativarmos essa capacidade genuína de nos colocarmos no sapato do outro e aceitá-lo tal como é, sabendo que tudo aquilo que nos incomoda no outro, está em nós, sabendo que a forma como interpretamos as coisas é na grande maioria das vezes deturpada pelos véus da nossa mente.

TEMPO DE AGRADECER

Reconhecer e agradecer a qualidade das nossas relações.
Reconhecer e agradecer o melhor que emana de nós quando nos relacionamos.
Reconhecer, agradecer e celebrar com aqueles que amamos. 
Dar sem esperar nada em troca.
Dar o melhor de nós em autenticidade.
Dar pelo simples ato de dar.
Cuidar dos que amamos.
Cuidar do que nos nutre.
Cuidar de nós.
Cuidar do que nos dá prazer.
Escolher em verdade.
Escolher em respeito por nós e pelo outro.
Escolher o que queremos ser.
Escolher de quem nos queremos rodear.
E no início, no meio e no fim…. AMAR.

Lua Nova marca sempre o inicio de um ciclo, esta Lua Nova em Balança é a primeira Lua Nova deste Outono de 2019.

É a Lua Nova das Colheitas, das Renovações e dos Compromissos

O que estás a colher hoje?
O que precisas renovar e limpar na tua vida?
De que forma podes melhorar os teus relacionamentos?
Onde precisas encontrar e gerar mais equilibrio, harmonia e serenidade na tua vida?
De que relações precisas cuidar nutrir?
Que compromissos já não te nutrem?
Que nos compromissos estás dispost@ a assumir?
Sentes-te realmente comprometid@ contigo e com a vida?

Hoje é dia de colocarmos as nossas intenções, de invocarmos e de formularmos os nossos pedidos a esta Lua Nova.

O QUE QUERES ESTAR A COLHER NO PRÓXIMO OUTONO?

Como estamos nas colheitas, pode ser muito interessante visualizar que colheitas queres estar a fazer no Outono de 2020.
O que queres estar a colher na tua vida daqui por um ano?
Que sonhos, projetos e ideias são essas que iluminam o teu coração? Que te fazem sorrir? Que te fazem elevar?
E de que forma essas colheitas têm um impacto também na vida daqueles que te rodeiam, e mais além, na comunidade, no país, nos sistemas e no mundo?

Liga-te a essa Imagem.
Sonha-a com todo o teu Ser.
Visualiza-a.
Permite que ela se Envolva em cada recanto teu. 
E deixa que essa Imagem ganhe forma e siga pelo o Universo.
Sente, Visualiza, Co-Cria, Semeia, Entrega e Acredita.

Escreve essa Imagem. Regista a Visão. Planta essas Sementes. E por agora cuida delas, com amor e gentileza, para que mais à frente, pela Primavera possas ver surgir os primeiros rebentos. Para que essa visão seja elevada, é importante que seja gerada a partir da verdade do teu coração, em respeito profundo pelos outros e pela vida.

RITUAL DE LUA NOVA

Poderás fazer o teu Ritual de Lua Nova a partir do momento da mesma.
Deixo aqui a partilha do meu Ritual de Intenções com a Lua Nova que te pode ajudar e guiar no processo.

Amanhã terei também uma sessão online de 2 horas, pelas 10h00 da manhã, onde irei falar mais sobre este tema. Se te quiseres inscrever para estar em direto ou para receber a gravação, podes aceder a todas as informações AQUI.

Despeço-me com um abraço fraterno, desejando a todos nós umas abençoadas colheitas e que possamos encontrar o equilibro e a paz dentro de nós, 

Em Amor,

Cláudia



Convido-te a visitares:

>> O meu site: www.claudiamachado.com

>> O meu canal de YouTube, que podes subscrever: https://www.youtube.com/channel/UCOfA156NpTJwBJNPtB5fOfQ

>> Aqui encontras testemunhos sobre o meu trabalho: https://claudiamachado.com/testimonial/

>> A minha página no Facebook: https://www.facebook.com/claudiamachadoastrologia/

>> A meu perfil no Instagram: https://www.instagram.com/claudia.astrology/?hl=pt

>> O Facebook “Desperta O Teu Yogui”: https://www.facebook.com/despertaoteuyogui/

>> E se gostas do meu trabalho, e me queres acompanhar mais de perto, podes pedir adesão ao meu grupo no Facebook “Desperta Para O Teu Coração”:https://www.facebook.com/groups/despertaparaoteucoracao/

Olá Primavera, Vamos Renascer!

Olá Primavera, Vamos Renascer!

Olá!

Espero que te encontres bem!

Hoje, dia 20 de Março de 2019, pelas 21:59, temos o Equinócio da Primavera (no hemisfério norte). Dia marcado pela chegada do Sol ao grau 0º de Carneiro, dia em que Dia e Noite são iguais, marcando mais um ponto de viragem na Roda da Vida. Os dias passarão agora, gradualmente, a serem maiores que a noite, até chegarmos ao Solstício de Verão, onde teremos o maior dia do ano.

A Primavera marca o início do Novo Ano. Em Carneiro nascemos, e aqui, ciclicamente, somos todos os anos convidados a renascer. Renascer para mais um ciclo, para uma nova vida, para uma renovada etapa do nosso caminho. Podemos celebrar neste dia, o simbolismo do Renascimento, e de tudo o que ele representa para nós.

No ano passado, por esta altura, celebrei o Equinócio com um grupo muito bonito, foi um ano importante para mim que hoje chega ao fim, mas um fim de renovação, pois o ciclo vida-morte-vida é contínuo… se algo morre, algo sempre nasce, se algo termina, algo sempre começa, esta é a magia da Renovação da Vida, e a Primavera ajuda-nos a compreendê-la melhor.

Este ano decidi celebrar o Equinócio de outra forma, e estarei com um grupo de amigos num lugar mágico de Portugal, na Serra da Estrela, a fazer esta passagem de forma sagrada e inteira. Sinto-me ainda numa fase de grande reflexão, e a gerar dentro de mim muitas coisas que brevemente darei à Luz, e por isso esta passagem de estação não teve lugar a um evento público. A todos os que me pediram uma celebração aqui em Lisboa, grata por esse carinho, mas para o novo nascer há outras coisas que precisam repousar e eu tive de me permitir este espaço.

Estamos todos, por estes dias, a gerar algo em nós, e quanto mais consciência tivermos disso melhor, pois é a Vida com que vamos presentear este novo ano.

O que estás tu a gerar dentro de Ti? Que nova vida é essa, que já se sente e se escuta? É uma nova Vida que te traz plenitude, sentido, verdade?


EQUINÓCIO COM LUA CHEIA

Este Equinócio é também especial, pois cerca de 4 horas depois teremos uma Lua Cheia neste eixo de Carneiro-Balança, um convite a compreendermos melhor os nossos relacionamentos, a refletirmos sobre independência vs dependência, Eu vs os Outros...

Equilibrar opostos, reconhecer o espelho que o outro faz de mim, compreender melhor os meus padrões de relacionamento e de que forma quero ser mais autêntico, livre e verdadeiro comigo e com os outros, contribuindo com isso para relacionamentos mais saudáveis e conscientes?!

Podemos refletir sobre que padrões queremos deixar ir, o que queremos curar, que verdades queremos assumir…

Que padrões relacionais limitam a minha liberdade?
Onde preciso e quero ser mais autêntico e verdadeiro?
Que crenças limitativas levo para os meus relacionamentos?
O que o outro me está a ensinar sobre mim?
Onde estou eu espelhado no outro?
Que apegos e expetativas projeto nos meus relacionamentos?
Quem sou eu perante o outro?
Quem sou eu quando não estou perante ninguém?
Que julgamentos limitam uma visão integral de cada situação?
O que preciso cuidar e curar em mim para melhorar as minhas relações?



Para mim, Carneiro-Balança, ensina-nos a autenticidade dos relacionamentos, a verdade da minha individualidade que honra, respeita e acolhe a verdade da individualidade do outro, a capacidade de me manter fiel a mim mesmo também quando me coloco nos sapatos do outro, a capacidades de amar e respeitar a mim e ao outro de igual forma.
É equilibrar e integrar que eu e o outro, sim, somos um, e que esse UM está neste plano projetado em dois mundos únicos, mundos que se cruzam, que se olham, que se partilham…

É o crescimento através das relações uma das maiores provações da vida humana. Um palco de grande crescimento e tomada de consciência.

De que forma esta dança pode ser cada vez mais e mais harmoniosa, correta e amorosa na minha vida???

Esta é a terceira e última Super Lua do ano de 2019, por estar a Lua no seu ponto de Perigeu, e por isso mais próxima da Terra, o que interpreto como uma força magnética sobre nós ainda maior que o habitual, portanto, uma oportunidade mais ampla e profunda de vivermos os temas desta Lua Cheia.

E precisamente, por termos um Equinócio de Primavera com Lua Cheia, podemos observar que ele acontece no climax do ciclo lunar. A Lua Cheia é o inicio do fim do ciclo lunar, que de 29 em 29 dias completa o seu ciclo. Estando nós em Lua Cheia, o começo do Novo Ano Astrológico fica adiado por uns dias, ou seja, é com a Lua Nova de Carneiro, a 05 de Abril, que temos o momento certo deste Novo Começo, e nessa altura podemos sim projetar, intencionar, formular o nosso Novo Ano, lançar à terra as sementes da Nova Vida em Nós.

Até lá, temos 15 dias de mergulho e de introspeção. 15 dias onde a nova vida já nasce dentro de nós, e onde podemos e devemos estar no nosso recolhimento a integrar o último ano, a refletir sobre a nossa vida atual, e sobre que novas formas lhe queremos dar a partir de agora.

Que hábitos e rotinas quero mudar?
Que novas atividades quero fazer e experimentar?
Que verdades quero assumir?
O que quero deixar de fazer?
Onde preciso dizer que NÃO?
Onde quero dizer que SIM?
Que portas quero fechar?
Que novos caminhos quero trilhar?
Que novos projetos quero abraçar?


E que todo este novo projeto de vida seja mais e mais alinhado com a minha verdade, com a minha essência, com o meu propósito, e que pelo meio de tudo isto, seja também uma DÁDIVA, uma dádiva para os outros e para o mundo. O que mudo, renovo e transformo em mim que também contribua para todos nós!

Estas são as novas energias. Estamos a ganhar cada vez mais e mais consciência do TODO que Somos, e de que não estamos dissociados uns dos outros, e muito menos do mundo e deste planeta. Que a nossa individuação contribua hoje e sempre para a renovação coletiva, para o despertar dos Corações, para o Novo Mundo, que tantos de nós visionamos há tanto e tanto tempo.O futuro começa hoje, o Agora é o momento certo para Despertarmos e para Sermos. 
 


CÍRCULOS DE CURA

Círculos de Cura

Dia 31 de Março, em Lisboa, pelas 14h30, irei facilitar mais um Círculo de Cura. Uma tarde onde nos sentamos em círculo para abrir canais de cura e de consciência a processos nas nossas vidas. Nestes círculos abordamos várias práticas como as constelações familiares, meditação, cura energética, entre outras.

São Círculos vividos em grande dádiva, generosidade e amor.

Valor de Participação: 30 euros 

Inscrições para: claudiamachado@claudiamachado.com

APRENDE A TRABALHAR COM OS CICLOS DA LUA

Aprende a Trabalhar Com os Ciclos da Lua

Um workshop para te ajudar a compreender melhor o ciclo lunar, e de que forma podes usar esta ferramenta para potenciar a tua vida, o teu dia a dia e os teus processos de transformação.

Vamos falar sobre as 4 fases da lua, sobre os rituais de lua nova e lua cheia, como ver no nosso mapa astral as luas de cada momento e como as interpretar, por signo e por casa.

Para mais informações e inscrições: claudiamachado@claudiamachado.com

Datas:

  • CASTELO BRANCO – 06 Abril
  • LISBOA – 14 Abril
  • SANTA MARIA DA FEIRA – 28 Abril

LUA NOVA EM CARNEIRO

Lua Nova em Carneiro

Uma Lua Nova muito especial, pois marca o inicio do Novo Ano Astrológico. Ainda não sei se haverá evento presencial, mas online irá haver sim, dia 06 de Abril pelas 19h30.

Valor: 10 euros

Inscrições: claudiamachado@claudiamachado.com


Um Abençoado Equinócio,Que o Renascimento seja a Celebração da Vida, da Semente, e do Amor,

Cláudia



Convido-te a visitares:

>> O meu canal de YouTube, que podes subscrever: https://www.youtube.com/channel/UCOfA156NpTJwBJNPtB5fOfQ

>> Aqui encontras testemunhos sobre o meu trabalho: https://claudiamachado.com/testimonial/

>> A minha página no Facebook: https://www.facebook.com/claudiamachadoastrologia/

>> O Facebook “Desperta O Teu Yogui”: https://www.facebook.com/despertaoteuyogui/

>> E se gostas do meu trabalho, e me queres acompanhar mais de perto, podes pedir adesão ao meu grupo no Facebook “Desperta Para O Teu Coração”:https://www.facebook.com/groups/despertaparaoteucoracao/

O Mágico e Acolhedor Outono

O Mágico e Acolhedor Outono

bench-560435_1280

(Texto reeditado a partir de um texto que partilhei no meu antigo blogue em setembro de 2015)

E há uns dias atrás ele chegou – O Outono – mágico, doce e acolhedor, como sempre.

Sei que a maioria das pessoas não aprecia o fim do Verão. É um facto que os dias ficam mais curtos, o Sol aquece-nos durante menos tempo, vem o vento e começa a chuva. Apesar de que, segundo consta, o bom tempo veio para ficar por mais umas semanas. Mas para mim, o Outono está marcado de encantos e é mesmo a minha estação preferida, não fosse eu ter nascido sob a sua influência.

A verdade é que esta estação tem uma magia especial, aqueles dias que ficam alaranjados, as folhas estaladiças que no chão pedem os nossos pés, o cheiro a castanhas no ar, a brisa ainda quente que contrasta com a chuva que amiúde vai surgindo, e por vezes, também aquelas tempestades cheias de relâmpagos e trovões que rasgam os céus, anunciando o inverno que chega mais à frente.

No Outono, podemos assistir a magníficos pores-do-sol, está aquela temperatura amena e confortável que nos permite andar na rua e na natureza, passeando e desfrutando de cada momento.

Vejo esta época, como uma das melhores estações para se viajar e conhecer outros povos e países, e até mesmo para viajar cá dentro, em Portugal, descobrir esses encantos que tanto nos caracterizam. É uma época de maior paz e sossego, e o tempo convida ao desfrute deste nosso cantinho maravilhoso, convida ao recolhimento, ao silêncio e a longas caminhadas pela natureza fora.

Se és daqueles(as) que está deprimid@ pela ida do Verão, desafio-te a veres a beleza do Outono e a aceitares esta estação de braços abertos. Ficarmos agarrados ao que não temos, ou ficarmos com a mente focada no que vai chegar depois, não nos ajuda a viver o momento presente, e viver no Aqui e Agora é realmente o mais importante, o mais gratificante, e onde podemos observar e acolher tudo aquilo que Somos e tudo aquilo que É.

Aceita e Celebra a Vida tal como ela É Agora. Aceita e celebra os ciclos da natureza tão sabedores da Vida. Aceita e Celebra todas as tuas bênçãos. Procura também aceitar tudo aquilo que possas encarar hoje como dor, sofrimento, desafio, dificuldade. Reflete sobre o que de positivo e construtivo te estão essas situações a trazer. O que estás a aprender com elas? O que consegues valorizar mais perante essas situações? Que forças desconhecidas encontras em ti todos os dias para ultrapassar os desafios que encontras no teu caminho? Honra e celebra isso em Ti 😊 Por Ti, por quem te rodeia e pela Vida.

Acolhe, honra e celebra também esta estação magnífica, que este ano nos está a oferecer dias espetaculares, cheios de calor e Sol. Consta que há 32 anos (quando eu nasci), os dias estavam bem quentes por esta altura. É verdade que o clima está a mudar, mas de quando em vez temos anos assim. Na minha visão devemos agir com respeito pela natureza e pela mãe terra o mais que formos capazes, lamentar não adianta e não resolve, falar mal da poluição não vai acabar com ela, dizer que o tempo está “esquisito” não muda a situação, então aceitemos e façamos a nossa parte.

E já agora que está bom tempo, porque não aproveitá-lo? Vai passear, vai pisar folhas, vai ver o pôr do sol à praia, ao topo da serra, ao teu jardim preferido, se por exemplo és de Lisboa, há miradouros lindíssimos que podes nesta altura visitar.

O convite é, não te fiques pela lamúria e pelo que deveria ser, vive com o que tens agora à tua disposição e desfruta desta Magia da Vida, abre os braços e sorri.

women-1416095_1280

Algumas sugestões para viveres mais plenamente este Outono:

  • A Bênção Molhada – Quando chegarem as primeiras chuvas de Outono costumo fazer uma bênção, ou seja, escolho um dia de chuva e vou para a rua simplesmente tomar um banho de chuva. Talvez já o tenhas feito na infância ou adolescência. E não era tão bom? Recordas-te? Porque não fazê-lo novamente? O corpo e a alma enchem-se de alegria e vigor, e esquece lá as gripes, um banho de chuva é regenerador, leva essa intenção quando o fores fazer e verás. Mete no calendário, quando a chuva chegar sai à rua e dança com ela 😊

 

  • Encontro Contigo – Tira pelo menos uma tarde na semana, ou no fim-de-semana, e vai para a rua desfrutar do Outono, passeia pela cidade, podes ir até à natureza ou até à praia ver o pôr do sol, é magnifico ver o dia alaranjado, pisar as folhas das árvores, ou simplesmente ficar na praia ou numa esplanada a contemplar o momento presente, a ler um bom livro, ou a partilhar o momento com uma magnifica companhia. Experimenta. Eu hoje estou a reescrever este artigo, aqui envolvida pelos maravilhosos jardins da Gulbenkian (em Lisboa), sinto-me inspirada a escrever quando venho aqui. Vai até lugares mágicos que conheças, ou aventura-te e vai descobrir uns novos. Que lugares te inspiram?

 

  • Home, Sweet Home – Desfruta muito do teu lar, nesta altura apetece tanto. Fica à janela a contemplar a natureza, a luminosidade do Sol, a chuva (quando ela chegar), repara como o ambiente e a cor do ar são diferentes nesta altura do ano. Escolhe um bom livro, bebe um delicioso chá, cria tardes lúdicas e divertidas em família, vê filmes inspiradores, cuida da tua casa e desfruta dela, escolhe uma essência quente e acolhedora para emanares pela tua casa, limpa-a de velhas tralhas, renova-a e renova-te, recicla, restaura, reorganiza. Não apetece passar mais tempo em casa nesta fase? E essa vontade aumenta à medida em que os dias vão ficando cada vez mais pequenos.

 

  • Reordenar e Reorganizar – Uma excelente altura para transformar a casa e fazer aquelas limpezas gigantes. Deitar fora, ou dar, o que já não serve, o que já não gostamos e o que já não precisamos, também é uma boa altura para reciclar e ser criativo. Se gostas de aventuras com restaurações e decoração de interiores, dedica-te a isso agora no Outono, restaura móveis, recicla mobílias antigas, dá um novo uso ao que parece inutilizado. As coisas guardadas e paradas na nossa casa são também centros acumuladores de energia estagnada, põe tudo em movimento, faz circular a energia, é fundamental. Para quem gosta de decorar a casa conforme a estação, nesta altura o aconselhado são os tons de laranja, verde, castanho, dourado e bronze, ficam fantásticos.

 

  • Novas Rotinas – Aproveita também para reestruturar as rotinas e iniciar aquilo que há tanto tempo desejas, seja ir para o ginásio, ter aulas de dança, aulas de pintura, ou outra coisa qualquer. Acredita que com força de vontade conseguimos lá chegar. Eu este iniciei no dia 25 de setembro uma nova rotina muito focada na minha alimentação e nutrição, foi este o ano em que decidi fazê-lo. Quem me conhece sabe que tenho tido desafios com o meu corpo e peso, sempre tive baixo peso e muita dificuldade em aumentar. Este ano fiz um plano mais profundo, estruturei um programa de exercício físico adequado a mim, um plano alimentar e nutricional focado no que desejo e incluí novas práticas meditativas e espirituais focadas para esta questão em concreto. E posso partilhar contigo uma grande vitória, desde dia 25 de setembro (em pouco mais de 10 dias) consegui aumentar de peso 1 quilo, para mim é um feito histórico e sei que no final deste ano vou estar com o peso desejado. Portanto, o que é importante para ti hoje? Agora? Traça um plano e avança? Marca, agenda, decide e age, hoje ainda. É fundamental termos tempo para nós, dedicando-nos ao que realmente importanta, pois só com qualidade de tempo para nós, poderemos ser realmente úteis aos outros e à vida. Força, avança 😊

 

  • Novos Projetos – Excelente altura também para refletir sobre o queremos e o que não queremos mais, para projetar sonhos e objetivos para os próximos tempos. É altura de parar para pensar em nós e traçar as novas metas que queremos alcançar, e o que de nós depende fazer para lá chegarmos. Eu também me embalei nesta energia e partilho contigo um novo projeto que lancei com a minha querida amiga Susana Rodrigues, podes ver mais Aqui sobre a nossa parceria e projeto. Caminha Na Tua Essência, nasceu da paixão que nos une pela astrologia e da vontade de levarmos a astrologia às pessoas num contexto mais terapêutico e integrador. Este é o meu novo projeto, qual é o teu? Avança, partilha, e mesmo com medo, permite-te sair da zona de conforto, faz e cria o que tens estado sempre a adiar.

 

  • Reflexão e Silêncio – Época de arrumos, reflexão, introspeção e silêncio, de recolhimento, de tomadas de decisão, de fecho e abertura de novos ciclos, pode ser interessante nesta fase resolveres assuntos pendentes para abrires espaço a que o novo se possa instalar, incubar, e no seu tempo nascer e florescer. Se ainda não praticas meditação diariamente esta é uma excelente altura para o começares a fazer. Senta-se em silêncio, fecha os olhos e simplesmente inspira e expira profundamente, colocando o foco da tua atenção nesse ato da tua respiração. Fá-lo por 5 minutos e vai aumentando gradualmente o tempo. Garanto-te que se o fizeres todos os dias vais notar mudanças significativas no teu estado interior. Experimenta, se puderes fá-lo agora mesmo depois de terminares de ler este meu artigo.

 

“O Silêncio é o adubo que faz florescer a Alma”, José Maria Doria

 

Existem inúmeras outras coisas que podemos fazer para desfrutar da Vida e do Outono. Encontra por ti mesm@ os encantos desta estação. Que mais gostas de fazer? Se escutasses agora neste instante o teu corpo, o que é que ele te pediria? Podes fazê-lo, ou programá-lo? Então força, honra o que tu realmente queres na tua vida.

Se olhares mais além conseguirás ver também a beleza desta estação magnífica, afinal as quatro estações existem porque todas cumprem um propósito maior, completando-se num ciclo mágico e divino, orquestrado pelo o vasto e infinito Universo.  Os grandes ensinamentos da Vida estão todos contidos na Natureza. Se observarmos a natureza podemos simplesmente aprender com ela a lidar melhor connosco, ajuda-nos a conhecermo-nos melhor e a viver cada vez mais de acordo com os ciclos naturais e sábios que nos habitam. Permite-te isso, cada vez mais. Olha à tua volta, observa, observa-te, reconhece-te e descobre-te a cada momento.

 

Aproveita o Agora com o melhor de Ti!

 

Caso tenhas também interesse no meu trabalho, partilho contigo mais alguns dos meus projetos, que pelo fim do Verão levaram todos uma grande transformação.

Encontros de Lua Nova – Estes encontros lunares têm sido tão mágicos, num profundo e acolhedor mergulho em contacto com as aspirações da nossa Alma. Tão grata me sinto pelos fantásticos grupos que temos tido nestas viagens mensais. Vamos ter o próximo encontro dia 19 de outubro, presencial em Lisboa, mas podes também participar online. Vê Aqui mais informações. 10% de desconto para inscrições até 09 de outubro.

Meditação das Rosas – É um workshop de dois dias onde aprenderás uma técnica de limpeza e proteção energética fantástica. Nesta workshop partilho também algumas outras técnicas e formas de te autocuidares cada vez melhor, ajudando-te nos vários níveis: físico, mental, emocional, energético e espiritual. Aproveita esta oportunidade, por apenas 99 euros para inscrições até 13 de outubro. Vê Aqui mais informações.

Consultas de Astrologia Para O Despertar – Não é uma típica consulta de astrologia, combino nas minhas sessões várias práticas e experiências que fui tendo e aprendendo ao longo do meu percurso. Procuro que as minhas consultas ofereçam essa oportunidade de Despertares para Ti, e para o propósito que habita a tua existência. Como costumo dizer, sou uma simples Acompanhante da Alma, que apoia, observa, acolhe, questiona, volta a apoiar, a observar e a acolher, quem se dispõe num processo de autocura e transformação interna. Uma vez que reestruturei todo o meu trabalho e estas consultas levaram uma grande transformação, até final de novembro as minhas consultas estão com 15% de desconto. Se quiseres aproveitar contacta-me para agendarmos o mais atempadamente possível, pois as vagas são bastante limitadas. Podes ver mais Aqui sobre estas consultas.

Finalizo a minha partilha com esta música inspiradora – River Flows In You, de Yiruma

Desejo-te um Outono Imensamente Abençoado e Divino,

Cláudia Machado

 

Os R‘s Do Teu Recomeço – E Novas Oportunidades

girl-759080_1920

Eu já sinto esse Recomeço em mim. E Tu, já sentes?

Sente-se no ar essa energia e essa vontade interna de Reorganizar a casa. Seja a nossa casa física, fazendo as habituais arrumações, limpezas gerais, mudança de roupas, ver o que já não serve e que podemos vender ou doar, entre outros. Seja a nossa casa interna, uma altura de alguma interiorização, que nos convida a Refletir sobre o que queremos fazer de diferente nesta nova época que aí vem, onde podemos Repensar em novas formas de executar as nossas tarefas, sendo uma excelente altura para Revermos as nossas rotinas e implementarmos algo que nos sirva melhor a nós e à vida.

Por estes dias estamos em tempos de Recomeço, Regresso, Renovação, Reflexão, Reinvenção… É o tempo dos “Re’s” – Astrologicamente pautado pelo mercúrio em retrogradação, que assim estará até 22 de setembro. A acrescentar a este facto, a própria época do ano em si, é um mês de colheitas, de revisão, de regresso das férias, de recomeço no trabalho, regresso à escola, regresso às rotinas e ao dia a dia.

É preciso força de vontade e determinação para enfrentar os medos e ultrapassar a procrastinação. É fundamental que te comprometas com os teus Recomeços, pois Tu és a chave da mudança. Confia em Ti. Confia na Vida.

Aproveita este embalo energético para entrares em sintonia com o universo. Antes de todos os regressos, toma um tempo para ti, para Refletires, para estares a sós e encontrares a voz do teu coração. Repensa e Reflete no que queres ver manifesto na tua vida nos próximos meses. Colhe aquilo que semeaste anteriormente e analisa: vê o que não correu tão bem, e como podes fazer para que corra melhor ou diferente. É importante que tenhas um diálogo interno contigo, que escutes o silêncio, para que a partir de um estado de atenção e serenidade, possa emergir a verdade que clarifica o teu caminho. Permite-te isso. Tu Mereces!

Dicas práticas que uso na minha vida diariamente e que podes, agora, nestas próximas 3 semanas, colocar em marcha na tua vida:

  • Meditar – Se estás a começar, reserva na tua agenda 5 minutos por dia (são apenas 5 minutos, que de certeza consegues abrir espaço na tua agenda!!). Vai para um local tranquilo e harmonioso, pode ser uma divisão da tua casa, um banco de jardim onde fazes a tua caminhada, a sombra de uma árvore onde costumas passear, um momento que tenhas a sós na sala do escritório onde trabalhas… sê criativ@, existem muitos lugares à disposição.

Nesses 5 minutos senta-se simplesmente em silêncio, faz respirações profundas, lentas e suaves, foca-te na tua respiração apenas… os pensamentos, sentimentos ou emoções que possam surgir deixa-os emergir, observa-os como se fosses um espetador de uma peça de teatro, onde os pensamentos, sentimentos e emoções são apenas os personagens e tu és o espetador atento que não se envolve no enredo – És Aquele que apenas Observa.

O importante neste exercício é focares-te na respiração, se te ajudar podes contar mentalmente cada ciclo respiratório, assim treinas a tua mente para estar focada e ao mesmo tempo navegas até ao teu centro amoroso e silencioso. Experimenta. Se fizeres isto todos os dias, ao fim de algumas semanas verás os fantásticos benefícios, sentir-te-ás mais calm@ e seren@. Podes também fazer este exercício sempre que desejes, ou em momentos de maior stress, sentirás uma calma quase imediata. Mas nada como agir e fazer!!!

  • Reflexão diária – Seja num diário ou, apenas refletindo com os teus botões, fazer uma reflexão do dia poderá ajudar-te muito a manter a tranquilidade e o equilíbrio na tua vida.

A reflexão é fundamental para aumentar a nossa autoconsciência. Quando refletes podes analisar rapidamente o teu dia, perceber o que correu menos bem e tentar integrar isso e perceber o que podes fazer para que corra melhor. Ao expores para fora de ti as coisas que possam ter corrido menos bem ao longo do dia, é o primeiro passo para curares e ultrapassares essas situações, pois pode dar-te maior clareza de todo o panorama. É importante também que reflitas e revejas aquilo que correu bem, para agradeceres por isso, reforçando a tua autoestima e autoconfiança, para dessa forma honrares mais a vida e o teu percurso. Refletir antes de deitar irá ajudar-te a teres um sono mais profundo e tranquilo. Experimenta também. Recomendo que o faças de forma escrita num diário, terá um maior impacto em ti e traz-te mais benefícios.

Termina em beleza: finaliza a reflexão escrevendo as coisas pelas quais estás Grat@ na tua Vida.

  • Reorganizar a casa – Esta é uma excelente altura para limpezas profundas no teu lar e/ou escritório (ou local de trabalho, se for caso disso). Tira um dia para fazeres aquelas grandes arrumações. Abre as janelas e deixa o ar circular pela casa, abre todos os armários e olha atentamente, reflete sobre as coisas que tens. Precisas mesmo de determinadas coisas? O que podes vender? O que podes doar e que pode assim servir outras pessoas? O que já não precisas? Será que não tens coisas que já não usas há imenso tempo e que por apego não te queres desfazer delas?

Limpa, recicla, reutiliza, liberta, solta, doa… Este é um treino brutal para o desapego. Coisas, objetos e roupas paradas em casa e sem utilização geram energia estagnada que depois também se reflete na nossa vida e no nosso mundo interior. Esta prática que parece tão “mundana” pode ser transformada numa prática espiritual, experimenta fazer essa arrumação à casa de forma consciente e atenta, sentindo cada objeto, sentindo cada peça que já não precisas, e à qual podes dar outro fim, nesse processo sentirás uma profunda libertação e isso também ira libertar áreas da tua vida que possam estar estagnadas…

A vida é um fluxo energético, é energia em movimento… Energia parada não serve o nosso real propósito.

  • Reduzir, Reutilizar e Reciclar – O desperdício é atualmente um dos grandes desafios da nossa era civilizacional. Desperdiça-se recursos, matérias, polui-se imenso o ambiente, estamos a afetar negativamente o ciclo natural do nosso planeta. Há muitas coisas que podemos (e devemos) fazer para mudar o curso disso.

 A política dos “3 Rs” é uma delas. Reduzir o consumo de várias coisas, como por exemplo, reduzir o consumo de carne (ou não consumir de todo, como é o meu caso), cujo setor é um dos maiores responsáveis pela poluição no mundo. Reduzir a compra de sacos, usando embalagens e sacos reutilizáveis. Podemos também ser mais criativos e pensar em formas de Reutilizar coisas que já não usamos, mas que podem ser transformadas em outras coisas, por exemplo, reutilizar roupas, transformar lençóis velhos em panos, fazer decorações com rolhas de cortiça, usar os rolos de papel higiénico para pintar e fazer fantoches para os miúdos, entre milhares de outras coisas que se podem fazer. Usemos a imaginação e soltemos a nossa criatividade.

A opção seguinte, quando não encontramos utilidade na reutilização é ReciclarReciclar tudo aquilo que podemos, não deitar “lixo” no lixo comum, quase tudo pode ter um destino correto (papel, plásticos, vidros, pilhas, baterias, lâmpadas, óleo alimentar, pequenos e grandes eletrodomésticos, restos de comidas orgânicas servem para fazer adubos, etc…). Lembrem-se disto na hora de mandar coisas fora.

  • Rotinas – As rotinas são essenciais ao nosso bem-estar. Revê e analisa todas as tuas rotinas, de um dia, de uma semana, de um mês… É importante que primeiro escrevas todas as tarefas que fazes num dia, e depois alargares à semana, contemplando o descanso, a dedicação à família, os momentos de lazer, o trabalho, as tarefas do lar, etc.

Começa por rever tudo o que fazes diária e semanalmente, depois reflete e analisa, remove da tua vida aquelas tarefas que se calhar ainda fazes, mas já não precisas e/ou não te fazem sentido, depois vê que tarefas podes delegar a outras pessoas. Liberta espaço para Ti e para fazeres coisas que realmente te inspirem e apaixonem. Sentes-te sem tempo? Mais uma vez tens de ser criativ@, é possível mudar, é possível reorganizar toda uma vida, basta querer e basta que aceites pagar o preço por cada decisão que tomas.

Não subestimes o poder da repetição: semeia e dá raízes a uma nova rotina confirmando-a durante o número de dias necessária para que faça parte da tua vida. Vai fazendo passo a passo, semana a semana, e irás conseguir.

  • Ter uma Agenda – Para ajudar à organização das nossas rotinas (descrito acima) é fundamental ter uma agenda, que pode ser em papel, Excel ou numa aplicação no telemóvel (Eu adotei a App do Google Calendar e tenho também um ficheiro em Excel que me dá um panorama perfeito do mês – é excelente!). É importante que a tua agenda aborde todas as áreas da tua vida. Coloca nela todas as tuas tarefas e rotinas, constrói a agenda como se fosse um puzzle, naquelas horas do dia que estão sob a tua plena decisão, és livre de escolher o que quiseres que nelas esteja.

Remexe, altera, experimenta. Vê qual a melhor hora para a meditação, qual o momento adequado do dia para ires correr ou ir ao ginásio, qual o melhor dia para passear em família, qual o dia do mês que podes tirar só para ti para te mimares, descansares e regenerares.

Usa a agenda como um recurso para o teu desenvolvimento, não como algo a causar-te ainda  mais pressão, usa-a com consciência e flexibilidade. A ideia da agenda é fundamental à nossa organização, gestão, produtividade, se usarmos a agenda como um recurso de autoconsciência e desenvolvimento ela vai ajudar-nos a cumprir-nos melhor, vai servir o nosso caminho e a realização dos nossos sonhos. É passo a passo, e dia a dia que podemos viver uma vida mais serena e tranquila, revestida de sentido.

Estas são algumas ideias de como podes melhorar a tua vida e dia a dia. Aproveita estas semanas para refletires sobre isto e descobrires então novas formas de te reinventares. Renascer é Preciso! 

Hoje estamos também em dia de Lua Nova em Virgem, um momento ideal para colocarmos intenções para a nossa vida. Intenções que sejam autênticas, alinhadas com a nossa verdade e vontade, e que respeitem tudo e todos aqueles que nos envolvam. Por isso proponho-te mais uma coisa, esta para fazeres ainda Hoje, aproveitando esta energia forte e co-criadora da Lua Nova.

Tira um tempo para ti, 1 hora seria o ideal, e reflete sobre o que gostavas de alcançar no decorrer deste próximo ciclo lunar, como a Lua Nova é em Virgem, era interessante se as tuas intenções se alinhassem com os temas deste signo, que são: rotinas, dia a dia, tarefas, ofício, serviço, aperfeiçoamento, atenção aos detalhes, cuidado a mim e aos outros, saúde… O que destes temas é importante para ti trabalhares agora? O que gostavas que acontecesse relacionado com isto?

Faz essa reflexão, e escreve as tuas intenções, podes criar uma pequena oração e fazeres esse pedido à Lua e ao Universo. Gera intenções que respeitem sempre o teu espaço e o do outro, que sejam fieis à tua verdade e que possam contribuir para o Bem Maior. É importante sermos coerentes e íntegros com os nossos pedidos, pois colhemos tudo aquilo que semeamos.

Neste processo pensa também qual a tua parte na realização dessas intenções. O que podes fazer para que se manifestem na tua vida? Que passos podes dar para o alcançar? Queres comprometer-te com isso? É importante que te comprometas: fazeres a tua parte para que a vida faça o resto!

Eu realizo intenções com a Lua Nova há já algum tempo e isso tem-me ajudado imenso no meu percurso de vida. “Milagres” acontecem, respostas que surgem, curas que emergem, oportunidades que despontam… Tenho tido resultados fantásticos desde que comecei a sintonizar-me com a energia e ciclos lunares, e por isso mesmo, decidi gerar com o meu trabalho algo lunar, algo feminino, algo que em mim nascesse e pudesse em verdade ajudar outras pessoas.

Eis o que nasceu: Eu e A Lua – Co-Criando A Vida

Um projeto que agora lanço no mundo como Renovação do feminino, um Renascimento da Lua em mim. Este projeto contempla encontros mensais, consultas individuais e sessões individuais de intenções. Se te interessa continua a ler.

Gostavas de embarcar numa viagem mensal ao encontro de ti mesm@?

Dispost@ a refletir, interiorizar, meditar, contemplar?

Preparad@ para criar intenções, revelar desejos, co-criares, passo a passo, a vida que desejas?

Sentes-te desejos@ de ver os resultados das tuas ações na tua vida?

Queres comprometeres-te contigo mesm@, com o teu caminho, assumindo o comando na realização dos teus sonhos?

Se respondeste que sim às questões anteriores, então esta proposta é para Ti.

Vou iniciar uma série de encontros mensais, pela altura da Lua Nova, com o propósito de te ajudar a alcançar as tuas metas, objetivos e sonhos.

O primeiro encontro será no dia 1 de Outubro, pela Lua Nova de Balança.

Nestes encontros irei ajudar-te a refletir e a interiorizar aquilo que pretendes mudar ou ver nascer na tua vida, iremos meditar, iremos trabalhar as nossas crenças limitadoras, iremos construir de forma positiva e possibilitadora as intenções que desejam brotar a partir do nosso coração.

Para que as intenções estejam em maior sintonia com o nosso processo de desenvolvimento, iremos trabalhar com os mapas natais de cada participante, para que as suas intenções sejam mais específicas, claras e objetivas.

As propostas que te trago ião ajudar-te a alinhares-te com a tua essência, ajudando-te a atravessar os desafios da vida, mostrando-te caminhos de realização que apenas tu podes escolher trilhar.

 

Se, no dia da Intenção com a Lua Nova, sentes que preferes um acompanhamento individual, mais a sós e recolhid@, onde te poderei ajudar mais pessoalmente a co-criares as tuas intenções, podes agendar uma sessão individual de facilitação de intenções da Lua Nova. Estas sessões são um acompanhamento específico para o dia da Lua Nova. Irei trabalhar contigo individualmente as intenções que te ajudarão a co-criares a tua vida.

Tenho também disponíveis as Consultas Lunares, que são consultas individuais onde a partir do mapa de nascimento e de uma leitura de aura lunar trabalharemos a expressão da Lua em Nós.

Este é um trabalho individual de integração plenamente centrado em ti, com o intuito de permitir que os teus aspetos, desafios, necessidades, dons e talentos se revelem e se desenvolvam no seu melhor, promovendo deste modo os processos de aceitação, cura, transformação e renascimento que queres realizar na tua vida.

Se moras longe de Lisboa, ou se por outro motivo não te podes deslocar até aqui, mas sentes que te posso ajudar, também te podes inscrever para as sessões de grupo ou individuais. Podemos fazer online, via Skype ou outra plataforma, com as novas tecnologias já não há impedimentos físicos.

Queres inscrever-te no próximo Encontro Lunar ou agendar uma consulta comigo? Tens alguma dúvida ou desejas mais informações?

Contacta-me para: claudia.sofia.m@hotmail.com

Boas Renovações! Que seja o início de uma nova fase,

Cláudia

 

Um Novo Impulso

Um Novo Impulso

Olá!

Aproveitando esta energia da Lua Nova de hoje, em Carneiro, regresso à escrita no meu blogue, onde procuro partilhar contigo a minha visão da vida, a partir do meu próprio mundo interior. E que essa visão te possa ajudar no teu caminho de vida e nesse reconhecer da tua voz, do teu caminho, da tua luz e do teu propósito maior. Leva contigo aquilo que possa servir o teu caminho e a tua expansão de consciência.

As minhas palavras e ideias são apenas uma pequena perspetiva da imensidão da existência, transmitem a minha atual consciência e estado de Ser, e são por isso impermanentes, sujeitas a alterações, a revisão, a mudança, fruto de um ciclo que nunca para, um ciclo que está em constante movimento e em contínuo processo de transformação e alquimia.

E é de uma fase deste ciclo que venho hoje falar – esta primeira lua nova do ano astrológico, que iniciou a 20 de março, pode ajudar-nos a revelar o que se passa no nosso interior, olharmos, a partir da ausência de luz, aquilo que sentimos, aquilo por que ansiamos, aquilo que há já algum tempo late em nós sob a forma de um novo impulso para a vida, e que pode agora começar a ter forma.

É aquele momento, em que no escuro do seu casulo, a lagarta começa a sentir algo forte em si, que a faz mover-se, agitar-se, soltar-se, rompendo assim a película que a envolve, deixando penetrar novamente a luz, para posteriormente abrir as suas asas rumo à Liberdade. É nesse momento que provavelmente agora estás numa determinada área ou fase da tua vida.

Onde, a partir da escuridão, te sentes assim?
Onde, a partir da escuridão, te sentes em espera, num momento de poisio e reflexão?
Onde, a partir da escuridão, consegues observar com lucidez o que sentes?
Onde, a partir da escuridão, sentes chegar o calor da luz que ainda não vês?

Onde, em Ti, sentes o apelo para um novo começo, para um novo impulso de vida?

Honra esse teu espaço. Honra esse teu apelo. Honra o teu Ser e o que ele te pede a cada instante. Coloca a tua energia em algo que sintas há algum tempo que desejas fazer, uma, ou várias, mudanças que te ajudem a cumprir melhor a tua vida.

Podem ser inúmeras coisas, podes sentir vontade de mudar de atitude em relação a algo, mudar algum hábito ou rotina, mudar padrões de pensamento, mudar o caminho que fazes todos os dias para o trabalho, mudar de casa, mudar de emprego ou carreira, mudar a forma como te relacionas com alguém…. Pode ser qualquer coisa, não interessa a sua dimensão, o que importa é que dês voz a esse impulso que sentes em ti, e que o libertes e expresses numa ação consciente, desperta, construtiva, dinâmica, fluída.

Não é mudar porque queres fugir de algo, ou porque não queres lidar com o te está a acontecer. É sim mudar
porque estás consciente do que agora é melhor para ti. Podes escolher a qualquer altura a Consciência de Ti Mesm@, e fazer então mudanças ancoradas no presente, construtivas, objetivas, lúcidas, determinadas, mas também envoltas em fé, entrega, aceitação, criatividade, intuição.

Encarar o que doi, reconhecer o que se perdeu, que algo morreu, que algo já não serve, que algo terminou, que a vida é impermanente e está em constante mudança, nem sempre é fácil, mas é possível encará-lo, é uma escolha, um compromisso que posso escolher assumir. Os processos de morte na nossa vida (sejam elas de forma psíquica, física, emocional, relacional, etc…) são sempre processos acompanhados de ciclos de transformação profunda. Transformação que passa por diversos patamares: reconhecimento, aceitação, libertação, cura, perdão, desapego, renascimento… São processos próprios de cada um de nós, a serem vividos de diversas formas, e em diferentes fases das nossas vidas.

A minha proposta é, que te permitas refletir sobre ti mesm@ e reconhecer por que processo de perda tens passado nos últimos tempos.

Que dores, desafios e dificuldades tens enfrentado?
Que aprendizagens te tem pedido a vida com essa, ou essas, perdas?
De que forma te têm afetado? Que dizem elas sobre a tua realidade interior?
Que dizem elas da tua relação com os outros?
Falam de necessidades? De controlo? De medo? De raiva? De confusão?
Para onde aponta a forma como tens lidado com essas perdas?

Em que fase do processo de transformação estás?

Hoje li uma frase que me ajudou a reconhecer a fase em que estou: “Deus pode consertar um coração partido se lhe dermos t
odos os pedaços”
, Madre Teresa de Calcutá

Sinto que esta frase fala de total rendição, da mais pura vulnerabilidade. É aquele momento em que as barreiras do ego e os muros da mente se dissolvem pois já nada mais existe a fazer, a pensar, a conjeturar, a não ser render-me, render-me à vida, ao divino, a Deus. Render-me e aceitar tais circunstâncias, e reconhecer dentro de mim que tenho a força, a fé e a coragem para, através da rendição, puder (re)construir um novo caminho, operar com o que tenho à disposição, viver cada momento com plena atenção ao que sucede, alinhada com a vida.

Render é aquela fase em que a lagarta está dentro do casulo, no escuro, na transmutação, e não sabe muito bem o que lhe vai acontecer… então ela rende-se à vida e aguarda, paciente, o despontar da luz, sabendo que já fez a sua parte, e que aquele casulo onde se fechou e que parece agora uma “prisão”, não será mais do que a sua profunda Libertação. Pois sem passar por esse processo – do casulo – enquanto lagarta, ela já mais poderia voar, mas entregando-se e rendendo-se ao processo do casulo ela aceita o que vier, faz a sua parte e a vida faz também a sua. E um dia surge então esse impulso, e num movimento dá-se um rasgo e ela vê a luz, abre asas e voa – e é livre, pode chegar a novos e insuspeitados lugares, pode ir descobrir novas fontes, novos caminhos, e é este o momento de início de um novo ciclo!

Então, estás tu, estamos nós, em alguma área da nossa vida, em alguma área dentro de nós, neste casulo da transformação. E o novo impulso já chegou ou está a chegar em breve. Permite-te aceder a essa consciência, move-te nesse impulso, rasga o teu casulo e voa.

Reconheces-te na vida da lagarta que se transforma em borboleta?
O que é que tens estado a transformar na tua vida?
Que parte de ti deseja agora expressar-me mais?
Que partes de ti precisas escutar e honrar?

Que nova atitude, pensamento, ou ação, queres agora implementar na tua vida?

Hoje é um bom dia para tomares consciência deste processo. A lua nova invoca energias para um novo começo, um novo ciclo. Aproveita esta energia para te dares conta de que novo impulso é esse a latejar dentro de ti. Sê fiel a ti e à tua natureza, podemos ser presos de imensas maneiras, mas nunca nos podem prender a nossa real essência, a natureza intrínseca que nos habita, os nossos sonhos, os apelos da nossa Alma, isso existe dentro de nós, mesmo que nem sempre o sejamos.

Essa essência impalpável, essa energia pura e espontânea, não pode ser agrilhoada. Dá-lhe voz, dá-lhe ação, dá-lhe espaço, deixa-a fluir de forma natural. A vida está a apoiar-te e a amparar-te nas tuas escolhas. Os recursos estão todos aí à tua disposição – dentro de Ti.

Vê-te, reconhece-te também no Outro, vê-te nos olhos do outro, vê-te na vida à tua volta, reconhece esse impulso de vida em todas as formas de vida, em todos os seres, neste planeta mágico que é a Terra. Ao reconheceres esta verdade amplias a tua consciência e desenvolves cada vez mais essa “noção” de Unidade com o Todo.

Reserva hoje uns minutos para ti, recolhe-te, interioriza-te, acede ao teu Centro e abraça esse Impulso.

Partilho contigo uma música que hoje me acompanhou na minha reflexão, tremendamente inspiradora, escuta-a, com prazer:

River Flows In You

River Flows In You, do fantástico Yiruma.

Que esta música te ajude a aceder a esse rio de vida, de luz, de esperança, de inspiração, de criatividade, que flui dentro de Ti, dentro de Nós.

Recordo também as datas dos próximos encontros de meditação que facilito na Academia Yoga Be One:

  • 2ª Feira, 11 de Abril pelas 19:00
  • 2ª Feira, 18 de Abril pelas 19:00
  • Sábado, 23 de Abril pelas 10:00

Para te inscreveres ou obteres mais informações basta enviares-me um email. Ainda temos algumas vagas.

E Que Neste Teu/Nosso Processo Te Possas Cumprir Cada Vez Mais!

Abraço Presente e Desejos de Uma Excelente Semana,

Cláudia