Lua Cheia em Capricórnio – Já Sou Adulto?

Lua Cheia em Capricórnio – Já Sou Adulto?

Olá,

Esta madrugada, dia 05 de julho pelas 05h44 (GMT+1), temos a Lua Cheia em Capricórnio. Esta Lua Cheia traz consigo o último eclipse da temporada de eclipses dos últimos dois anos, que ocorreram no eixo de Caranguejo-Capricórnio.

Dois anos em que estivemos a integrar os aspetos do verdadeiro adulto em nós. Provavelmente, tivemos a lidar com temas relacionados com a família, infância, raízes, passado, vida íntima e emocional, estruturas, pilares, o lar e a casa, temas também de exposição e imagem social, vida profissional, as nossas estruturas internas e externas, as figuras de autoridade presentes nas nossas vidas, os pilares e alicerces sob os quais construímos a nossa vida….

Todos estes temas são um convite a olharmos para nós, um convite a deixarmos de apontar o dedo, pararmos de “culpar” o outro, a sociedade e o mundo, pelas circunstâncias e condições em que nos encontramos. A oportunidade de abraçarmos e acolhermos o passado, o lugar de onde viemos, honrando os que existiram antes de nós, tomando a vida no nosso coração, aceitando melhor os outros e compreendendo todas as aprendizagens por detrás dos nossos desafios, desapontamentos e circunstâncias de vida.

Tem sido a oportunidade de nos responsabilizarmos pelas nossas escolhas, de manifestarmos uma autêntica autoridade, assumirmos as rédeas, sermos os orientadores e timoneiros principais das nossas vidas. Assumirmos o nosso poder pessoal e o compromisso para com o nosso destino.

Na verdade, a aprendizagem tem sido – Tornarmo-nos verdadeiros Adultos!

Sermos o pai e mãe de nós próprios, crescer, assumirmos o tomar conta de nós e seguir em frente, com tudo aquilo que fomos, com tudo aquilo que somos e seremos. Encontrando no passado aquilo que nos fortalece e inspira a sermos um melhor presente e futuro.

E hoje, este portal se encerra, já tendo sido aberto outro… Hoje, podemos firmar e consolidar estas aprendizagens e tomadas de consciência. Hoje, podemos honrar o nosso Adulto Interno, mais consciente, mais luminoso, mais empoderado, mais responsável.

Nesta Lua Cheia que possas reconhecer o teu Adulto Consciente e assumir escolhas por Ti, em verdade e em amor, sendo responsável por todas as tuas escolhas, sabendo o impacto que elas têm na tua vida e na vida daqueles que te rodeiam.

Com esta energia podes tomar consciência sobre as presentes etapas da tua vida e dessa forma, posicionares-te e direcionares-te agora com mais clareza e consciência sobre o caminho a seguir e sobre o que queres realmente Ser e manifestar.

O que ainda precisas largar?

Se ainda não o fizeste, agora é o momento de teres a coragem de finalmente dar esse salto de fé, e deixar para trás estruturas, relações e caminhos que não elevam a tua vida.

Assumires a tua autoridade pessoal.

Tomares conta de ti e responsabilizares-te pelo teu caminho.

Que escolhas precisas fazer?

Que compromissos tens de assumir?

Que padrões, comportamentos e escolhas ainda te aprisionam e que é agora altura de largar?

Força. Coragem. Assume-te. Empodera-te. Responsabiliza-te. Cuida. Toma conta. Ergue a cabeça. Alinha-te com o Coração. E Vai.

Um enorme abraço,

E que seja mais uma Lua muito abençoada.

Com Amor,

Cláudia

Mercúrio Retrógrado, Eclipse Solar e Verão a Chegar

Mercúrio Retrógrado, Eclipse Solar e Verão a Chegar

Olá, espero que te encontres bem.

Se andas mais presente nas redes sociais, já deves ter reparado em várias publicações sobre os acontecimentos astrológicos mais recentes: vários planetas retrógrados, o mercúrio também a ficar retrógrado, a Lua Nova de dia 21 que será um eclipse e o Verão que chega já no próximo dia 20.

Muito movimento, muitas mudanças, muitas transições… A que nos convidam estes tempos?

Para tentar responder a essa pergunta, vamos mergulhar aqui sobre os movimentos principais desta semana, no sentido de te ajudar a clarificar e a orientar para estes tempos.

Vamos ver as propostas, os convites, o olhar que nos é pedido, as portas que nos são abertas.

Mercúrio Retrógrado em Caranguejo

Mercúrio vai estar em movimento de retrogradação no signo de Caranguejo entre os dias 18 de junho e 12 de julho. Para quem sabe olhar o seu mapa astral, este movimento irá acontecer entre os graus 05º e 14º de Caranguejo, caso tenhas planetas entre estes graus, neste signo, e/ou nos signos de Capricórnio, Carneiro e Balança, encontras aí mais informação sobre os temas que poderás estar a revisar na tua vida durante as próximas 3 semanas.

Qualquer planeta em movimento retrógrado pede-nos revisão. Revisão das áreas de vida e dos temas que esse planeta pode estar a tocar e a representar. Revisão para que possamos transformar, ver de outras perspetivas, reavaliar e refazer as coisas de uma nova forma.

Saber parar é importante. Não vejo nada de negativo em fases de planetas retrógrados. Precisamos abrandar o ritmo para reconhecer o ponto da jornada em que estamos e tomar decisões com nova informação e com mais consciência.

Porque é que parar tem de ser mau? Porque é que vemos os contratempos como algo negativo? Pode ser altura de resignificar estes conceitos e vermos a oportunidade no meio daquilo que parece caos e confusão.

Planetas retrógrados são a oportunidade de reavaliar, revisar, refazer, reestruturar, renovar, repensar, resolver, reestruturar… todos os “res” da vida!

Se a vida for só andar para a frente, sem fazermos pausas para olhar para trás e em redor, então alguma coisa vai ser negligenciada, algo importante não vai ser visto nem valorizado. Vê os planetas retrógrados como uma grande oportunidade de ver o que não está a ser visto, para que possa ser resolvido e integrado.

Esta retrogradação em Caranguejo, sendo que Mercúrio representa a comunicação e o pensamento, e Caranguejo representa as emoções, o sentir, o nutrir, e as memórias. Pode ser uma fase de revisitar memórias antigas… Revisitar para encontrar novas respostas, ter a oportunidade de curar, de integrar e seguir em frente. É também a oportunidade de nos voltarmos para dentro e comunicarmos com o nosso interior, escutar o coração, escutar as necessidades da Alma, percecionarmos o que realmente precisamos para nos nutrirmos, para nos curarmos. Darmos a nós mesmos o que realmente necessitamos. Autocuidado – selfcare.

Pode acontecer também darmos por nós a resolver coisas do passado, coisas de família, coisas da infância… curar velhas feridas, ter tomadas de consciência sobre antigos acontecimentos, ver verdades escondidas. Podemos encontrar sombras e dores que ficaram por revelar e reconhecer… Tudo o que for mais desafiante não tem que ser “mau”, essa visão depende da nossa escolha perante a situação, podemos ver os desafios trazidos nesta fase como a oportunidade de curarmos o que ainda precisa de Amor.

O Amor é a cura. E o um dos maiores gestos de amor que podemos ter, é o saber cuidar, o saber nutrir, o saber abraçar.

As comunicações que podem agora ficar difíceis, são o que precisamos para ver onde é necessário mudar a nossa forma de comunicar. A comunicação pode ser mais vivida através das emoções inconscientes e isso toldar-nos o pensamento. Então, nessa altura, podemos parar, respirar e observar.

Estou a responder a partir de um lugar emocional de dor, de zanga, de raiva, de mágoa ou de tristeza? Se sim, então, preciso acolher essa parte de mim que está ferida, para que o Amor passe a ser a resposta.

Sinto-me a ser atacada(o), magoada(o) e incompreendida(o) pelos outros? Então paro, respiro e observo…. Reconheço essa minha parte ferida que se sente fragilizada perante determinadas pessoas e/ou circunstâncias, e dou-lhe o meu amor, a minha compaixão, a minha nutrição, o meu colo. E a resposta transforma-se em Amor.

Tudo isto pode ser “bom” ou “mau”, ou melhor, pode ser uma oportunidade aproveitada ou desperdiçada. É uma escolha de cada um de nós.

Aproveita esta fase para este encontro contigo e para desenvolveres ainda mais a expressão do Amor por ti e pela Vida, reconhecendo no outro que também ele tem as suas feridas, aproveitando o momento para elevar o teu pensamento e uni-lo com o teu sagrado coração.

Mercúrio retrógrado em Caranguejo é também a oportunidade para curarmos a nossa comunicação. Levarmos amor, compaixão, gentileza aos outros, através da forma como nos expressamos e comunicamos.

A ESCOLHA É TUA.

Queres “panicar” e culpar o mercúrio retrógrado durante as próximas 3 semanas?

Ou queres acolher o momento, aproveitar a onda, para escutares no silêncio as tuas reais necessidades e desenvolveres nesse lugar uma expressão mais amorosa perante ti, perante os outros e perante a vida?

Solstício de Verão

Esta semana temos também um dos eventos naturais mais importantes do ano – a entrada na segunda estação – O Solstício de Verão. Solstício que este ano vem acompanhado por uma potente Lua Nova em Caranguejo, uma Lua Nova de eclipse, o penúltimo eclipse da temporada de eclipses que ocorreram nos últimos 2 anos no eixo de Caranguejo-Capricórnio.

Os rituais de passagem das estações são uma prática muito antiga, identificada em várias culturas ao longo dos tempos… É muito interessante estudar sobre os diferentes ritos de passagem presentes em épocas diferentes da história da humanidade, vividos em culturas distintas e que aparentemente “não se cruzaram”, mas que têm tanto em comum.

Parece-me fácil compreender o culto em torno das estações, pois é a pura conexão aos ciclos da natureza. O ser humano no decurso do seu desenvolvimento começou por procurar referências e respostas à sua existência. Observar a natureza envolvente sempre foi um dos seus pontos de referência…. Começar por compreender o tempo através do dia e da noite, dos ciclos da lua, da mudança das estações… observando os céus e percebendo os posicionamentos celestes que indicavam estes movimentos e mudanças.

O ser humano percebeu como essa dança nos céus, observada a partir da Terra, influenciava o clima, a temperatura, a agricultura que possibilitava o acesso a alimentos essenciais e que deveriam ser plantados em determinadas alturas do ano, para depois serem colhidos e conservados noutras alturas. Temos uma relação íntima com a vida universal desde sempre

E por mais que nos tivéssemos afastado dessa verdade fundamental nestes anos de industrialização e computação, esta ligação continua viva, nunca morreu, “nós” (no geral), é que simplesmente já não prestamos atenção a ela, ficamos adormecidos no coração e presos na mente que quer controlar e compreender tudo de forma reta e linear. Em prol da “ciência” abandonámos a filosofia, e esquecemo-nos do quão ambas são essenciais e se relacionam entre si.

Esta compreensão antiga da relação da vida humana com a vida do planeta e universo, foi canalizada de alguma forma para as crenças, tradições e religiões que foram nascendo e se desenvolvendo… A Fé alimenta a Alma, a crença na ciclicidade da vida devolve esperança nos tempos sombrios, porque a Luz sempre retorna – e nos tempos antigos eles valorizavam esta observação e sabedoria – a repetição dos ciclos, a impermanência da vida. Essa conexão era celebrada, e os ritos de passagem representavam assim a simbologia desta ligação, onde se honrava a vida através deste reconhecimento.

Assim, desde há muito muito tempo, que nos mais variados lugares do planeta, nas alturas de Solstícios e Equinócios, rituais despontam em diferentes comunidades. Cada estação traz consigo uma simbologia própria. A Astrologia é também uma linguagem que nos ajuda a compreender melhor essa simbologia e relação íntima com a Vida Universal.

Mas vamos falar do Verão.

O Verão é o clímax do ciclo anual, é quando o Sol se encontra no ponto mais alto, é tempo de celebrar a Vida, de reconhecer todas as bênçãos, de sorrir, de dançar, de amar, de abraçar. É a estação das cores e da luz. Do dourado – do dourado do sagrado coração – a essência da nossa Alma, no reconhecimento da Estrela que cada um de nós É. É o honrar da vida de cada uma dessas estrelas que compõe a teia cósmica onde todos estamos conectados, onde nos transformamos em UM.

Nas Celebrações do Verão celebramos a VIDA. Agradecemos, honramos, abençoamos. E abrimos os braços à noite. É com a chegada do Verão que a chegada da sombra é anunciada. É no clímax que reconhecemos que a descida vai lentamente começar. Celebramos e preparamos o tempo, em que mais à frente, nos vamos encontrar com a escuridão.

Esta ciclicidade é a Vida. Acredito que o caminho de despertar e de construção da Nova Era que tanto se fala, passa por nos reconectarmos novamente aos ciclos, vivermos mais alinhados com a natureza, vermo-nos como parte do meio que nos envolve, enraizarmo-nos, integrarmos nesta dança cósmica, para que possamos despertar o nosso sagrado coração, sermos mais Amor, vivermos e expandirmos esse real Amor. Não estamos separados, mas sim intimamente todos ligados.

Este ano o Verão chega no dia 20 de junho pelas 22h44 (no fuso horário de Portugal). No hemisfério sul chega o Inverno. Nesse momento o sol entra no grau 0º00’ de Caranguejo, nas águas da grande Mãe, no útero onde a vida se forma. É tempo de cuidado e de nutrição, celebrando e agradecendo o dom da vida que nos é concedido.

Algumas dicas para o teu Ritual de Celebração do Verão:

  • Escreve uma carta onde agradeces por tudo aquilo pelo qual estás grata(o)
  • Faz uma Oração à Vida (escolhe uma ou cria a tua própria oração)
  • Escreve o teu Decreto à Vida – Com o que te comprometes a Ser e a Viver?
  • Celebra com alguém que ames
  • Abraça, sorri e ama
  • Dança em conjunto
  • Assiste ao nascer do Sol
  • Planta uma semente como símbolo no novo ciclo que inicias
  • Dá um mergulho no mar ou no rio
  • Veste cores quentes e vibrantes
  • Rodeia-te de flores
  • Partilha frutas da época na tua celebração
  • Escreve uma carta com as tuas intenções mais puras e verdadeiras

 

Eclipse Solar em Caranguejo

E este ano o Verão chega e quase em simultâneo temos a primeira Lua Nova desta estação, que acontece no mesmo grau  – 00º21’ de Caranguejo. Dessa forma podemos fazer o nosso ritual de verão conjunto com o momento da Lua Nova, esta que será já no dia 21 de junho, pelas 07h42 da manhã.

A Lua Nova também marca o início de um novo ciclo, e esta é a Lua Nova que inicia o Verão. Por ser eclipse, acaba por ser uma Lua mais potenciadora, a sua energia é mais forte. Sendo também o penúltimo eclipse neste eixo de Caranguejo-Capricórnio.

Por tudo isto, e porque mercúrio está também retrógrado, este é um bom ciclo para revermos os últimos dois anos, que integrações tivemos, que temas temos andado a trabalhar, por que experiências passámos? Perceber o que temos estado a aprender e o quão crescemos…. E com isso, que ciclo estamos agora a encerrar? O que em nós se está agora a consolidar ao nível da nossa cura, da nossa história, do nosso passado, da nossa família, da nossa criança interior?

A partir de que lugar estamos agora a entrar neste novo portal? De que forma vamos agora trilhar novos caminhos? Quem Sou Eu agora? O que Sou? O que manifesto? E o que quero Ser e manifestar daqui para a frente? Em que quero vibrar? A partir de que lugar em mim quero viver as minhas relações e as minhas experiências? Que novos ciclos se começam agora a desenhar?

Pelo que Agradeço e o que quero hoje Celebrar?

O nosso Ritual de Lua Nova pode passar por nos colocarmos estas questões. Conectarmo-nos ao essencial, ouvirmos o nosso coração e colocarmos isto cá fora, sob a forma escrita, sob a forma de intenção, através da oração e do nosso coração.

São tempos muito abençoados. Podem ser também tempos duros, onde sentimos muitas coisas ainda a ruir e a ceder. Que possamos ver a Luz nesses lugares e compreender que tudo o que se desmorona é porque tem de se desmoronar, que tudo aquilo que hoje é dor, amanhã é transformação que pode gerar alegria.

Nada é deixado ao acaso no universo. E nunca, mas mesmo nunca, a vida se vira contra nós. A Vida responde à nossa energia. A Vida mostra-nos o caminho. A Vida Ama-nos e quer o melhor para nós. Mesmo sem compreendermos, aquilo que é dor, no momento em que vem, também é o melhor para nós. E a dor é para atravessar e viver, é para encarar e aceitar… E também isso passará, basta olharmos as estrelas, olharmos a Lua, olharmos as estações e percebemos que a vida sempre é cíclica e que essa é a única certeza – que tudo é eternamente impermanente e está em constante transformação.

Aproveita a onda, aproveita o mergulho, aproveita o sopro e vai.

Neste momento tão especial e simbólico decidi realizar uma cerimónia online, num encontro de 3 horas, que irá acontecer no domingo, pelas 07h30 da manhã, para celebrarmos em grupo esta passagem e entrarmos de mãos dadas neste novo ciclo, sentindo esse apoio do coletivo e da Vida.

Se te quiseres juntar a nós acede através deste LINK. As inscrições para este encontro encerram dia 20 às 22:43. Aproveita este momento.

Em Amor,

Cláudia

 

Lua Cheia em Sagitário – Um Portal para a Verdade

Lua Cheia em Sagitário – Um Portal para a Verdade

Hoje, dia 5 de junho, pelas 20h13 (hora em Portugal), vamos ter a Lua Cheia em Sagitário. Uma Lua Cheia especial, com eclipse penumbral, que irá ocorrer sensivelmente entre as 18h45 e as 22h04, atingindo o seu ponto máximo poucos minutos depois do momento da Lua Cheia.

É especial por ser eclipse, é especial por dar início à nova temporada de eclipses, no eixo de Sagitário-Gémeos que irá ocorrer até dezembro de 2021. Temos pela frente 18 meses onde vamos ser convidados a trabalhar este eixo, esta dualidade, entre as energias de Gémeos e de Sagitário. Será particularmente interessante para todos aqueles que tenham energias nestes dois signos, mas de forma global, todos somos tocados por esta vibração e oportunidade.

E que convite é este?

ESCOLHAS.

Tomarmos (ainda) mais consciência desse grande poder, que é o poder de escolher.

Escolher Quem e O Que queremos Ser.

O que queremos manifestar.

Que direções vamos tomar.

Que verdades queremos viver e assumir.

Para onde queremos olhar.

Que vida queremos cocriar.

Escolher como agir perante as circunstâncias, como nos queremos posicionar perante a sociedade, perante as adversidades, perante o que a vida nos apresenta à frente.

A nossa liberdade vem das nossas Escolhas.

Escolhas mais conscientes e verdadeiras, é estarmos em posse do nosso Poder Pessoal.

Poder Pessoal que nos é simbolicamente apresentado e entregue a partir da profunda e intensa energia de Escorpião.

Sagitário convida-nos a assumir esse Poder Pessoal em Verdade, com Sentido, com uma Visão mais elevada e consciente… Encarar as nossas crenças e as verdades que temos escolhido até hoje viver, questionarmo-nos sobre elas e perceber se estamos a viver uma vida aderente à nossa “verdadeira” verdade.

A nossa Vida é uma vida de Verdade, ou é uma vida de medo, e de mentira?

Como queremos continuar a Viver? Em que moldes? A partir de que lugar?

Aquilo em que acreditamos serve de estrela-guia, a estrela que nos guia na escuridão… para onde está a apontar a tua? Observa as tuas crenças, as tuas ideologias, aquilo pelo qual te deixas guiar e toma consciência se é essa a tua verdadeira estrela-guia.

Como queres ser guiada/o? Por que forças? Por que verdades? Em que direção queres olhar?

A Seta de Sagitário aponta para o horizonte, para o futuro. Se apontares essa seta a partir das escolhas e verdades do teu sagrado coração, para onde a apontarias agora? É precisamente para lá que deves apontar.

Escolha… É uma Escolha tua!

Com Gémeos estamos mergulhados na mente, na informação… Decidir, separar o trigo do joio, saber calar e escutar, escutar o essencial no meio de tanto burburinho e informação. Usar a mente e o intelecto para aprender a técnica, para adquirir conhecimento, para saber fazer e colocar na prática, mas ligar essa mente inferior à mente superior – À Verdade da Vida.

Encontrar a nossa Verdade dentro de nós e assumi-la. Fazer, provavelmente, aquelas escolhas difíceis, não óbvias, afastarmo-nos das conversas, dos dogmas, das pessoas, das relações, da sociedade… que já não espelham os nossos diálogos internos.

Não é sermos superiores ou melhor que os outros, porque no final do dia, onde está mesmo a Verdade? A Verdade é aquela que for para nós. A Verdade que cada um escolhe para si.

Pode ser útil sermos mais fiéis a nós, à nossa verdade, ao nosso coração… Não há nada de “errado” nos outros, no mundo, ou até em nós… Há o que há e a Vida sempre encontra forma de prosseguir… De forma, consciente ou inconsciente, uns escolhem umas coisas e outros escolhem outras.

O que queres tu Escolher e através de que Verdade queres viver?

É a verdade do amor, do respeito pelo outro e pela vida?

A verdade da generosidade, da entrega, da confiança?

O que precisas deixar cair para que essa Verdade ganhe corpo e voz na tua vida?

Nestes próximos tempos, um, entre muitos outros convites, vai ser este…. Vamos estar a criar novas “religiões”, ou seja, novas formas de nos “re-ligarmos” ao Essencial, ao não visível, à força matriz que anima a Vida, a força que nos habita, a Consciência e o Amor que Somos.

Viver a partir desse lugar é para os que escolhem ser Corajosos. Não é preciso lutar, é preciso render. O Amor não é rigidez e luta, o Amor é flexibilidade e inclusão…. Abrir os braços, voar, render, ativar o coração, abrir o peito à vida e ir…. Ir no trilho da Verdade, dos nossos Sonhos, ao Serviço do Bem Maior, ao serviço daquilo que for para nós a nossa verdade.

Nos eclipses a energia intensifica-se… inesperados podem acontecer… a energia fica mais instável, sensível e imprevisível. Seja externo ou interno, podemos sentir nas nossas vidas esses movimentos, esses cortes e cisões, essas separações de mundos em nós, esse confronto com as encruzilhadas da vida, que nos vão pedir Fé e decisões. Para onde queres ir agora? As mudanças estão aí à nossa porta.

Depende de ti e apenas de ti. Chega de apontar o dedo ao outro, à vida ou à sociedade. A responsabilidade é nossa, é tua, é minha, é de cada um de nós, individual e coletivamente. Tivemos nos últimos 2 anos a integrar essa maturidade… a curar as feridas antigas, da infância e de família, a aprendermos a ser verdadeiros adultos… Em resumo, foi esse o tema dos eclipses no eixo de Caranguejo-Capricórnio. Aprendemos a ser pais e mães de nós próprios, e a assumir a responsabilidade pelas nossas ações e pela nossa vida.

O que queremos fazer com essa responsabilidade?

Gémeos-Sagitário pode ser também este choque atual de divisões e confrontos de ideias, de ideologias, de sistemas governativos, dos dogmas, dos fanatismos, das sociedades, das comunidades, das crenças, das religiões…. São os grandes abismos que mostram os opostos que na verdade fazem parte um do outro. Os confrontos, as dúvidas, os medos, o colocar em causa, que nos obriga a ver a verdade dentro de nós e não a escolher engolir as “verdades” contadas por um mundo no qual já não acreditamos e não confiamos. Escolher em que mundo queremos viver é possível. E sim é possível vários mundos coabitarem este planeta. Tudo é um espelho que ressoa com a nossa vibração, precisamos escolher no que queremos vibrar e em que nos vamos transformar.

É encontrar o Mestre em nós. Abrindo o coração a todos os Mestres que cruzam também o nosso caminho.

Este processo não é também para nos isolarmos e vivermos apenas no nosso umbigo… isso é o que tem sido até agora, e vê o resultado, está espelhado na sociedade atual que temos. O processo, é olharmos para dentro, englobando o mundo inteiro dentro de nós. Encontrar o real espírito da partilha, da generosidade, da fraternidade e da comunhão. A Comunhão que é a porta aberta da travessia de Neptuno em Peixes, ao encontro do Cristo em nós, ao mesmo tempo que abraçamos toda a nossa humanidade e fragilidade.

É todo um caminho percorrido e para continuar a percorrer…

Hoje temos mais uma oportunidade para tomarmos consciência da Verdade em nós, e de escolhermos que Caminhos queremos seguir. E para seguirmos esses Caminhos, que outros trilhos temos de abandonar?

Uma abençoada Lua Cheia, que os portais da verdade sejam uma escolha consciente.

Estarei hoje às 15h00 num webinário a falar sobre estes temas. Podes ainda inscrever-te para estar presente ou para receber a gravação. Vê AQUI todas as informações.

Com Amor,

Cláudia

 

Lua Nova em Gémeos – Comunicar com Amor

Lua Nova em Gémeos – Comunicar com Amor

A Lua Nova em Gémeos deste ano de 2020, será esta sexta-feira, dia 22 de maio, pelas 18h39 (GMT+1). Sol e Lua encontram-se logo no início de Gémeos, no grau 02º04’.

O que é a Lua Nova?

A Lua Nova marca novos começos, um novo ciclo de 29 dias que acontece dentro de outros ciclos que continuam a girar… Na Lua Nova temos simbolicamente um momento favorável para colocarmos as nossas intenções, formularmos os nossos sinceros e autênticos desejos, escutarmos o que queremos iniciar, tomar conta, potenciar, dar atenção ao que agora é importante nas nossas vidas.

É sempre tão bonito observarmos como de uma forma ou de outra vamos estando sempre alinhados com a energia do momento… No meu caso, tenho estado mais ausente das redes sociais desde o início desta “quarentena e confinamento” global, e eu precisei de maior recolhimento mesmo, para refletir sobre muitas questões na minha vida… Não deixa de ser curioso que senti agora, um forte chamado e uma grande vontade de regressar mais à comunicação… Altura em que a energia de Gémeos vai ficando cada dia mais intensa, e tão perto desta Lua Nova, aqui no início deste signo tão versátil, leve e interessante que é Gémeos.

O que é Gémeos?

E Gémeos é Comunicação.

É comunicação em movimento.

É partilha.

Conversa, palavras e pensamento.

É Leveza e oportunidade.

Conexão com a linguagem, com a aprendizagem, com o conhecimento.

É curiosidade e versatilidade.

É conversa cruzada e animada.

Pontes… umas inacabadas, outras finalizadas.

É fluxo e movimento.

É rede e ligação.

Vontade de relação.

É mente e intelecto.

Interação, excitação e agitação.

É também ansiedade e dúvida.

Desafio de escutar…

É divergente, mas quando quer, também é convergente.

É a espontânea e primária comunicação.

É aqui que aprendemos sobre a importância da comunicação.

E por falar tanto em comunicação…

Como está a tua?

Como comunicas?

Quais os teus dons comunicativos?

Quais os desafios e bloqueios que encontras quando comunicas?

O que gostavas de comunicar?

Como gostavas de comunicar melhor?

A partir de que lugar em ti escutas?

E de onde comunicas?

Como vives com o teu pensamento?

Como gostarias de cuidar dele?

Que histórias queres contar?

De que forma queres comunicar?

O que gostas de aprender?

O que queres partilhar?

Nesta Lua Nova, toma o teu tempo e o teu espaço, encontra silêncio nesta agitação, escuta-te e coloca as tuas intenções sob esta energia em Gémeos. O que precisas agora na tua vida? Dá-te esse espaço e cuida dessas sementes.

 

Vénus em retrogradação em Gémeos – Como nos afeta com esta Lua Nova?

Nesta energia de gémeos encontramos também Mercúrio no grau 20º, que se encontra em domicílio, e por isso, a empoderar e a ajudar-nos a trabalhar de forma mais focada e intensa sobre todos estes temas geminianos, de comunicação, de partilha, de interesses e de curiosidades.

Logo ao seu lado, encontramos Vénus, a Deusa do Amor e do Prazer, ela que está em movimento retrógrado desde 13 de maio e que assim seguirá até 25 de junho. Podemos então aproveitar esta energia para pensarmos sobre estes temas de Gémeos associados às nossas relações, à forma como vivemos o romance e o prazer de viver.

Pode ser interessante e pertinente refletirmos sobre como estamos a comunicar no seio das nossas relações…

O que não estamos a comunicar bem?

O que é difícil ouvir?

Como comunicamos a dois na intimidade?

Como comunicamos na nossa rede de amigos? Com os nossos colegas? Com aqueles que nos rodeiam?

O que tem impedido uma comunicação clara, objetiva, transparente, leve e direta, da nossa parte?

O que podemos melhorar na forma como abordamos o que pensamos e o que sentimos?

 

Esta pode ser uma boa altura para COMUNICAR em Verdade. Dizermos o que pensamos. Verbalizarmos o que sentimos. Colocar o pensamento em ordem. Trazer harmonia à mente.

Compreender também as nossas fontes de prazer. Desenharmos momentos regulares nas nossas vidas que nos transmitam harmonia, beleza, bem-estar, prazer, que nos façam sentir vivos e apaixonados pela nossa existência.

É hora de procurar a verdade na expressão do que somos. E também o Amor, o verdadeiro Amor. Falar e agir com amor e gentileza. Encontrarmos formas delicadas e gentis de falarmos dos temas que nos são difíceis. Filtrarmos a palavra no coração, antes dela ser dita e de queimar sem piedade tudo aquilo que encontrar.

Podemos Amar quando comunicamos. A palavra tem tanto o poder de destruir e de dilacerar, como o de unir e de apaziguar…. A partir de onde queres usar a tua palavra?

Este pode ser, sim, o momento de conversas até então adiadas. De usar palavras difíceis, de tomar decisões duras. Podemos fazê-lo com amor, a partir da verdade em nós e da nossa consciência amorosa e pura. É altura para resolver velhos conflitos, largar pesos e os “não ditos”. É tempo de falar, mas também pode ser tempo de calar. Para escutarmos o essencial que não é dito nas palavras, mas que vem no olhar, nos gestos e na vibração. Comunicação é muito mais que verbalizar ou gesticular…. Comunicamos a todo o momento pelo simples facto de existirmos.

Que a nossa Comunicação interna e externa possa ser assim, cada vez mais elevada e luminosa, que reflita uma vibração nossa, cada vez mais, amorosa e conscienciosa. Precisamos trabalhar nisso, precisamos abrir-nos a isso.

Acolhe-te tal como És e nessa humildade reconhece como podes melhorar, expandir e potenciar estes aspetos da mente, da comunicação, do intelecto, da palavra, da conexão ao outro e da partilha, em Ti.

Semeia as tuas intenções e solta a tua linda Voz. O mundo quer ouvir as nossas melhores melodias. A vibração da tua comunicação também pode curar, elevar e amar. Um “Olá” cheio de amor pode “salvar” o dia de alguém. Lembra-te disso no próximo “olá” que disseres, e em todos os outros que ainda estão por vir.

Desejo-te uma abençoada e leve Lua Nova.

 

Para mais informações sobre este meu trabalho segue os links em baixo:

Hoje, pelas 15h00, irei facilitar o círculo online da Lua Nova em Gémeos. Podes inscrever-te AQUI.

Podes consultar AQUI o meu Ritual de Intenções com a Lua Nova

Para mais aprofundamento sobre este tema tens o meu curso “Aprende a Trabalhar com os Ciclos da Lua”

Podes também escrever-me para – claudia@claudiamachado.com

Um forte abraço,

Com Amor,

Cláudia

Lua Nova em Touro – Que Sementes Queres Plantar?

Lua Nova em Touro – Que Sementes Queres Plantar?

Olá,

Espero que te encontres bem.

Nesta próxima madrugada, dia 23 de abril, pelas 03h27 (GMT+1), vamos ter a Lua Nova no grau 03º24′ de Touro.

A Lua Nova é o momento em que escutamos o nosso coração, para escolhermos que sementes queremos plantar neste novo ciclo.

Em Touro compreendemos ao que queremos dar forma nas nossas vidas.

Quais são as nossas reais necessidades?
Do que precisamos cuidar?
Como nos podemos nutrir mais e melhor?
O que nos faz bem?
O que promove a nossa saúde e bem estar?
Como nos podemos conectar mais com o planeta?
Como podemos gerir melhor os nossos recursos, internos e externos?
Como podemos viver mais alinhados com os ciclos da vida?

Estamos em tempos de profunda reflexão, onde diariamente somos confrontados com as nossas sombras. Pode ser um momento essencial para tomarmos conta do que precisa de cuidado e atenção.
Cuidarmos de nós, permitirmo-nos abrandar o ritmo e alinharmo-nos com o ritmo da vida e com o nosso ritmo interno.

Se pararmos e escutarmos com atenção, podemos observar que o nosso corpo é sábio, ele sabe o que precisa, ele sabe o que o nutre, ele conhece os seus ritmos biológicos e energéticos.

Encontra-te contigo e dá-te esse espaço.

Permite-te sentir de verdade como realmente te podes nutrir mais e viver uma vida mais responsável, mais comprometida com a verdade e com o essencial, mais leve, mais generosa, mais abundante, mais respeitadora da natureza, que honre mais a Vida em todas as suas formas.

Este é o momento de plantarmos as nossas intenções e semear na terra fértil a verdade que quer ganhar forma nas nossas vidas.

DIA DA TERRA

E hoje, dia 22 de abril, temos também um dia simbólico – O Dia da Terra – para celebrarmos o planeta e honrarmos a vida, honrarmos este lugar sagrado, tomarmos conta, para que o nosso compromisso para com a vida seja cumprido. Lembra-te que a Terra não precisa de nós para viver, nós é que precisamos dela. Como queres cuidar desta casa tão preciosa?

Partilho contigo o meu post de hoje sobre o Dia da Terra e desafio-te a que também escrevas o teu manifesto ao planeta. E que depois o coloques num local visível a todos em tua casa, para que regularmente todos se lembrem do quão importante é termos hábitos de vida mais conscientes e mais alinhados com a natureza, em respeito por todas as formas de vida que nos envolvem.

Todos podemos fazer a nossa parte. Cada um de nós é uma gota essencial deste imenso oceano.

É tempo de cultivarmos o nosso jardim interior. De confiarmos. De nos entregarmos à Vida. De abrir os braços e ir, sabendo que no agora é que está o poder de viver. 

Toma o teu tempo e o teu espaço. Honra-te. Respeita-te. Escuta-te. Formula as tuas intenções com esta poderosa Lua Nova amanhã, dia 23 de abril. Para te ajudar no teu ritual podes ler o meu artigo “Ritual de Intenções com a Lua Nova”

Caso queiras saber mais sobre esta Lua Nova, podes ainda juntar-te a nós no Círculo Online de Lua Nova, hoje, dia 22 de abril, pelas 21h30. Podes aceder à inscrição AQUI.

WEBINÁRIO GRATUITO “Potencia a Tua Vida através dos Ciclos da Lua”

Já esta sexta-feira, dia 24 de abril, pelas 18h30, darei um webinário gratuito onde vou explicar melhor sobre o trabalho com os ciclos da Lua. Se gostavas de perceber mais sobre este tema, inscreve-te AQUI.

Espero por ti!

OUTRAS INFORMAÇÕES

Tenho agenda aberta para consultas. Estou também a dar aulas de Yoga online, para crianças dos 3 aos 10 anos. Vou lançar em breve mais novidades (novo site e novos cursos quase quase a nascer). 

Ontem gravei um pequeno vídeo sobre “Desmotivação”, que te convido a ver. AQUI.

Aguardo os vossos feedback’s e partilhas.

Um abraço cheio de amor, e que esta Lua Nova nos abençoe com a Magia que precisamos ver nas nossas vidas,

Cláudia